A Paraíba também tem ótimos mergulhos em naufrágios

Foto: Max Glegiston

O litoral do nordeste brasileiro é lotado de naufrágios dos mais variados tipos e épocas, e dentre os mais antigos, dois deles são pouco conhecidos pelos brasileiros e merecem destaque: Alice e o Erie, sendo o segundo, também conhecido pelo apelido de “Queimado”.

Os dois naufrágios encontram-se nas proximidades da capital paraibana João Pessoa, e sendo acessíveis aos mergulhadores.

Os mergulhos

O Alice naufragou em 20/08/1899 a 3.5 milhas da costa, num mergulho onde a profundidade não ultrapassa os 12m. Devido ao tempo, atualmente o naufrágio encontra-se desmantelado.

O navio brasileiro era um cargueiro a vapor e transportava sal e algodão. Alguns chegam a dizer que o nome oficial seria “Mariana” e que teria naufragado por uma colisão com outro navio.

Já o Erie (Queimado), naufragou no primeiro dia do ano de 1873 a 1h da manhã por consequência de um incêndio a bordo, daí o apelido de “queimado”. O navio encontra-se a 5 milhas da costa e também desmantelado devido ao tempo.

O Erie era um cargueiro americano a vapor e transportava 25.000 sacas de café.

A profundidade máxima do local chega aos 18m, e tanto no Alice quanto no Erie, a visibilidade chega a ultrapassar os 30m com água extremamente quente, onde o uso de uma roupa de 3mm já é suficiente para o conforto do mergulhador.

O acúmulo de peixes é grande, rendendo ótimas imagens para os fotógrafos e cinegrafistas sub, que em meio às caldeiras e ferragens dessas embarcações, geram um show belíssimo subaquático.

Se você ainda não conhece os navios, veja as fotos abaixo do nosso colaborador Max Glegiston proprietário da operadora Syrien Dive de Recife-PE, para dar uma ideia dos mergulhos na Paraíba.

Naufrágio Erie / Google Photos
Por:
Clecio Mayrink
Editor - Brasil Mergulho

Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em apneia em 1983, no autônomo em 1986 e Dive Master em 1990. Hoje é mergulhador Técnico Trimix, Technical Cave Diver e Advanced Cave Side Mount / No Mount.

Foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS, em 2008, é o idealizador do site Brasil Mergulho em 1998 (MTB 0081769/SP) e atuou em diversas matérias e documentários no Brasil e no exterior. Também prestou consultoria para a ONU, UNESCO e diversos órgãos públicos no Brasil.