Aloha ! Mergulho e Natureza no Havaí – Parte II – Maui

Quem leu meu artigo anterior, aqui no Brasil Mergulho, já sabe a ótima experiência que tive há 3 anos na Big Island, a maior ilha do arquipélago do Havaí. No ano passado, tive a felicidade de me surpreender, mais uma vez, ao visitar mais uma ilha do Havaí, desta vez a incrível Maui.

Apesar de ser um pequeno ponto no vasto Oceano Pacífico, Maui é a segunda maior ilha do arquipélago, e oferece experiências inesquecíveis aos seus visitantes. Seja relaxando em praias de areia branca, assistindo ao nascer do sol do alto de um vulcão de 3.000 metros, surfando nas ondas do “north shore” ou mergulhando entre infinitos corais e a exótica vida marinha. Resumindo: Maui é um paraíso para os visitantes e Maui6mergulhadores.

Formada por duas montanhas vulcânicas com um vale no meio, a ilha tem, durante a maior parte do ano, um clima tropical ameno com temperaturas entre 20 e 30ºC graus em cima e embaixo d’água. O mergulho pode ser praticado durante o ano todo, mas a melhor época é no verão, de junho a agosto. Entre mergulhos em alto mar, na costa de uma das ilhotas ao redor, ou saindo da praia, Maui oferece centenas de opções que podem ser desfrutadas por conta própria, com um guia experiente ou com uma das excelentes e equipadas operadoras locais.

Maui5Beleza e Aventura nas Alturas

Bom, a minha primeira atividade na ilha não foi relacionada com mergulho, mas não podia deixar de comentar. Na primeira noite, eu e minha namorada acordamos as três da manhã e dirigimos até a loja do Haleakala Bike Co., empresa que nos levaria para ver o nascer do sol de cima do vulcão homônimo e depois descê-lo de bicicleta. Por volta das 6hs, já no topo do vulcão, começamos a ver o show de cores do incrível nascer do sol em Maui. O céu parecia algo de outro mundo, e com a formação vulcânica em volta, parecia que realmente estávamos na lua ou em outro planeta.

Maui0Após o dia nascer, o guia nos forneceu as bicicletas, capacetes, mapas e deu a benção para a descida. Foram cerca de 50 quilômetros vulcão abaixo. Da estrada, pela encosta do vulcão, a vista era excepcional e a descida, cheia de curvas, muito divertida. O resto do dia tiramos para visitar algumas praias e relaxar. Enfim, a viagem começara muito bem.

Na cratera em Molokini

No segundo dia fiz dois mergulhos embarcados em Molokini com o pessoal da Maui Dive Shop. A cerca de 4 km da costa de Maui, Molokini parece uma pequena ilha em forma de ferradura, mas o que se vê é na verdade parte da cratera de um extinto vulcão e um dos melhores pontos de mergulho da Maui3região. A parede de trás é quase vertical e desce a uma profundidade de 100 metros. No centro da cratera há um rico recife de corais e cerca de 250 espécies de peixes, muitas delas endêmicas. A visibilidade, uma das melhores de todo Havaí, chega a 50 metros. Molokini é um ótimo ponto para se avistar raias, moréias, polvos e tubarões de ponta branca (white tip shark).

Variedade em Lanai

A 10 km de Maui e com mais de 25 pontos de mergulho, a ilha de Lanai, assim como Molokini, é considerada destino obrigatório para os mergulhadores que buscam o melhor da região. Os pontos de mergulho ao redor da ilha são famosos pelas formações de lava, que não só abrigam uma grande diversidade de vida marinha, mas produzem incríveis efeitos de luz. As formações de lava e corais vão desde arcos e túneis a cavernas com teto poroso por onde se entra luz.

Maui4A maioria dos mergulhos fica nos lados sul e oeste da ilha. Diversas operadoras têm saídas diárias para Lanai. Neste dia fui mergulhar novamente com o pessoal da Maui Dive Shop e o objetivo inicial era fazer pelo menos um dos mergulhos no First Cathedral ou no Second Cathedral, os dois pontos mais procurados da ilha para se observar o bonito efeito da luz penetrando por aberturas no teto das cavernas de lava. Mas as condições do mar não estavam boas e fomos mergulhar nos pontos Shark Fin e Lighthouse, não muito longes um do outro. Nesses 2 pontos é comum observar grande quantidade de peixes-borboleta, anthias bicolores, polvos, moréias, coloridos corais e esponjas, e até mesmo grandes animais como tubarões de recife.

Logo após levantarmos âncora, ou melhor, desengatarmos da bóia, e começarmos a navegar de volta, o capitão gritou “whale shark, whale shark”, e em questão de segundos todos estavam na água. Mas já era tarde demais. Nos segundos que levamos para pegar máscara e nadadeira e pular ao mar, o tubarão-baleia já havia se distanciado. Apenas uma dive master disse tê-lo visto e já bem longe.

Maui7Na praia com as Tartarugas

As costas leste e sul de Maui oferecem ótimas opções para mergulhos não embarcados. É possível encontrar mergulhos para todos os gostos e níveis de experiência. Uma das melhores formas de aproveitar esses mergulhos é contratando um guia local que indicará os pontos com as melhores condições de mergulho, por onde entrar, sair e por aonde ir. Um bom guia saberá mostrar o que há de mais interessante em cada local para que se não desperdice tempo nem ar. Eu acabei indo mergulhar com um guia que havia sido muito bem recomendado, o figuraça “Shaka” Doug. Além de ser um experiente guia e instrutor, Doug é engraçadíssimo. Enquanto eu seguia seu ônibus escolar – isso mesmo, aquele ônibus amarelinho – Doug ia soltando bolhas de sabão pela janela.

Nós optamos por mergulhar em Ulua, uma praia de mergulho fácil, pois minha namorada iria fazer um batismo. Apesar do seu nervosismo inicial durante as instruções, fizemos, um ótimo mergulho que durou mais de uma hora. Encontramos algumas moréias, interessantes ouriços, estrelas-do-mar, bonitos corais e diversas tartarugas. É comum observar dezenas de colônias de tartarugas marinhas em Ulua. Um excelente local para mergulhadores iniciantes e intermediários, e mergulhos noturnos.

Maui2Na noite com as Moréias

Por favor, eu disse moréias !

O mergulho pela manhã em Ulua Beach não fora suficiente para me saciar, e acabei marcando com o Ed, um mergulhador local que conheci pela Internet, de fazer um noturno em um dos melhores pontos da ilha. O famoso local, conhecido como Black Rock, fica próximo ao hotel Sheraton em Ka’anapali Beach e é muito procurado para mergulhos noturnos e fotografia submarina. Durante o mergulho observamos diversas lagostas, caranguejos, tangs de diversas cores, peixe-escorpião, peixe-papagaio, grandes tartarugas e muitas espécies de moréias que nadavam livremente procurando o jantar. Nós fizemos o percurso ao redor da Black Rock, começando pela entrada próxima ao campo de golfe do hotel e saindo pela praia.

Para fechar

No meu último dia de mergulho, saí com o pessoal da Ed Robinsons Diving Adventures, que tem excelente reputação. A maioria dos mergulhadores, inclusive eu, queria mergulhar na parte de trás de Molokini, o Backwall. Mas chegando lá, as condições não eram as melhores e optamos por mergulhar em uma das pontas da ilha, no local conhecido por Enenui.

Este é um mergulho de “drift”, ou seja, basta relaxar que a correnteza toma conta do passeio. A maioria dos mergulhos nesse local ocorre a 20m, mas é comum mergulhadores avançados descerem até 35m para ver os tubarões na área conhecida como Shark Condos. Maui1Enenui é um ótimo local para observar cardumes das mais variadas espécies de peixes de recife.

Já no caminho de volta a Maui, fizemos o segundo mergulho no ponto conhecido como Hawaiian Reef, que reúne um pouco de tudo que se costuma encontrar na águas havaianas. Descendo a cerca de 25m, pode-se observar formações de lava e de coral, uma variedade de invertebrados e peixes, tanto de águas rasas quanto fundas. Esse local costumava ser muito procurado pelos antigos pescadores havaianos devido à grande quantidade de peixe.

Depois de seis mergulhos embarcados, um de praia diurno e outro noturno, ainda arrumei tempo para descer o vulcão de bicicleta, surfar umas ondas e passear por quase toda a ilha. Enfim, posso afirmar que a viagem foi realmente sensacional. Fiquei mais uma vez impressionado por tudo que o Havaí tem a oferecer em termos de diversão e beleza. Opa ! Vale lembrar também a deliciosa cozinha havaiana e os drinks tropicais. Novamente agradeço – Mahalo !

Maui8Recomendações

Maui Dive ShopA operadora e rede de lojas Maui Dive Shop oferece saídas diárias para pequenos grupos em 2 barcos. O barco de 48 pés leva 24 mergulhadores e sai do porto de Maalea, o outro, de 36 pés pode levar 12 mergulhadores e sai de Kihei.

Shaka DiversTrabalhando com mergulho há mais de 20 anos e com mais de 7 mil mergulhos “logados”, Doug Corbin é conhecido com um dos instrutores mais amigáveis e engraçados de Maui. “Shaka” Doug oferece experiência e diversão, guiando mergulhos de praia, mergulhos com scooter, batismo e aulas.

Ed Robinsons Diving AdventuresEd Robinsons é uma das mais respeitadas operadoras de todo Havaí por empregar o mais alto nível de profissionais em sua equipe. Seu negócio é focado apenas em mergulhadores certificados e que tenham mergulhado nos últimos 2 anos. Todos os mergulhos são guiados e sempre precedidos por um “dive briefing” incluindo interessantes informações sobre a fauna e flora marinha de cada mergulho.

Hotel Ohana Maui Islander – Hotel simples e agradável em ótima localização. Com tarifas acessíveis, o hotel é ideal para quem deseja conforto sem frescuras. Fica localizado em rua tranquila a poucos blocos do centro de Lahaina onde ficam as lojas e restaurantes.

Maui9Haleakala Bike Co.Com certeza a atividade fora d’água que eu mais recomendo em Maui – Assistir o nascer do sol do alto do vulcão Haleakala e depois descê-lo de bicicleta. Além do passeio do vulcão, a empresa oferece “tours” para trilhas de mountain bike e passeios de ciclismo.

Discount Hawaii Car RentalO site traz algumas das melhores ofertas de diversas locadoras. Se o cliente desejar algo diferente do site basta entrar em contato que eles procuram o melhor negócio.

 

< Artigo Anterior         Próximo Artigo >

Yan Grossman

Mergulha desde 1991 e trabalha com Marketing Digital.

Além de adorar o mar, gosta muito das montanhas geladas e é criador do site de snowboarding e viagens para a neve Snowbrasil.com