Aquisição de uma câmera para vídeo-sub

Frequentemente recebemos diversos e-mails com anúncios de câmeras de vídeo, informando que a câmera anunciada é sensacional e isso e aquilo…

Antes de adquirir uma câmera de vídeo, o mergulhador deve ter em mente, a real necessidade dela, para adquirir o modelo mais próximo da necessidade, sem onerar muito a compra.

Antes de adquirir o equipamento, você deve avaliar em que circunstâncias você estará utilizando a câmera, em qual dos pontos abaixo a sua necessidade mais se encaixa:

  • Vídeo-sub amador
  • Vídeo-sub avançado
  • Profissional

Vídeo-sub Amador

Se você pretende apenas mergulhar e ter uma lembrança dos mergulhos, um modelo de câmera mais simples poderá atender sem problemas suas necessidades, não requerendo grandes recursos, tornando o manuseio simples.

Vídeo-sub Avançado

Para aqueles que pretendem ter imagens com qualidade superior, alguns pontos devem ser observador antes da aquisição da câmera em si, como ajuste de White Balance (WB) e foco manual.

Vídeo-sub Profissional

Se o objetivo é torna-se um videomaker profissional, o mergulhador deverá se orientar muito bem antes da aquisição da câmera. Itens como configurações de vídeo, acessórios e caixas estanques, devem ser analisados antes da compra, para não ter uma surpresa desagradável no futuro. Existem uma gama de recursos durante as gravações e você deve estar a par disso.

Câmeras Básicas

Atualmente encontramos um universo em modelos e tipos de câmeras, mas se você procura uma câmera básica, você deve buscar uma câmera que tenha pelo menos foco com ajuste para o manual e monitor LCD lateral, para uma visualização melhor do que está sendo gravado.

Quanto à forma de gravação, encontramos hoje, modelos que trabalham com fitas DV, Memory Cards, HD´s e DVD. Se alguém me perguntasse que modelo comprar, diria para fugir dos modelos com gravação em DVD e HD (Hard Disk), simplesmente por que os modelos com gravação em DVD possuem uma qualidade muito inferior.

Sobre as câmeras com HD, existem muitas reclamações devido à apresentação problemas, onde o principal motivo estaria ligado a maresia do mar, e é óbvio que nenhum fabricante irá honrar qualquer garantia, tendo em vista que nenhuma câmera é foram fabricada para ser usada embaixo d´água.

Câmeras Avançadas

Uma câmera profissional deve conte inúmeros recursos, tais como:

  • Ajuste de White Balance. Existem modelos de câmeras que permitem 2 ajustes pré-setados.
  • Ajuste para foco manual e automático
  • Ajuste de Ganho (Gain)
  • Ajuste de entrada de luz na objetiva (Iris)
  • Zoom
  • Backlight
  • LCD lateral ou saída para LCD da caixa estanque
  • Foto – Apesar da qualidade das fotos obtidas pelas câmeras de vídeo estarem longe das fotos geradas por câmeras fotográficas digitais, em alguns casos, as fotografias oriundas das câmeras de vídeo, podem ajudar em alguns trabalhos de pesquisa de campo, principalmente para biólogos por exemplo.

O vídeo submarino é bem mais complexo e há muita coisa a ser dita aqui. Este é mais um artigo no Brasil Mergulho, mas na próxima edição, estarei dando continuidade ao assunto, para ir tirando as dúvidas dos mergulhadores.

Clecio Mayrink
Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em 1987 pela CMAS e realizou Dive Master em 1990 pela PADI. Hoje é mergulhador Técnico Trimix (Mergulho Profundo) e de cavernas (Technical Cave Diver e Advanced Cave Side Mount / No Mount). É juiz internacional de apneia pela AIDA e foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS em 2008. Produziu documentários sobre as Bahamas, Bonaire, Galápagos e Laje de Santos, visitando mais de 30 países. Foi o idealizador do site Brasil Mergulho criado em 1998 (MTB 0081769/SP), atuou como consultor para a ONU, UNESCO, além de diversos órgãos públicos no Brasil.