Arquipélago das Tijucas

Foto: Clécio Mayrink

Este arquipélago está localizado entre os bairros de São Conrado e Barra da Tijuca, e bem próximo ao litoral, a uma distância menor que 1 milha, saindo do canal da Joatinga, na Barra da Tijuca.

Devido à proximidade, a visibilidade local irá variar conforme as  marés e a saída do canal da Joatinga, que deságua no final da praia da Barra da Tijuca, diminuindo muito a visibilidade na região durante a maré baixa.

A única dificuldade para a realização dos mergulhos, é a distância em relação à Baía de Guanabara de onde normalmente saem os barcos das operadoras de mergulho, tornando a viagem cansativa quando utiliza-se traineiras (barco de pesca), levando em média de 2 a 2:30h de navegação.

De lancha, leva-se em média 40 min

A melhor opção é sair em pequenas lanchas do canal da Joatinga, levando de 5 à 10min apenas.

Infelizmente não existem operadoras realizando saídas por esse canal, sendo necessário negociar a saída com algum proprietário de uma das marinas localizadas na região.

Pontos de Mergulho

Ilha do Meio

A Ilha do Meio está mais próxima da praia de São Conrado do que da Barra da Tijuca. Sua profundidade varia entre 6 e 30m, com muitos peixes de passagem e diversas tocas. Um excelente local para fotos e a visibilidade pode chegar aos 15m. Deve-se tomar precaução quanto ao tráfego de embarcações e variações de marés. A temperatura varia entre 17 e 23ºC.

Alfavaca

Esta ilha é rodeada de rochedos, vida marinha variada e com profundidade variando entre 6 e 18m. É um excelente ponto de mergulho e por ser pouco visitado, percebe-se um número maior de peixes, tartarugas, arraias, moréias, dentre outros.

Em dias de água clara, a visibilidade pode chegar aos 15m e a temperatura varia entre 17 e 23ºC.

Pontuda

Com as mesmas características da Ilha Alfavaca, a Ilha Pontuda possui este nome devido ao pequeno pico, que abriga um farol de auxílio à navegação, além de abrigar várias espécies de pássaros. Possui muitos rochedos, onde é possível passar por grandes pedras sobrepostas. Abaixo d´água há uma vida marinha variada e a profundidade varia entre 6 e 18m.

Sem dúvida nenhuma é um excelente ponto de mergulho e pouco visitado. São vistos peixes de passagem, tartarugas, arraias, moréias e diversos animais coloridos.

É um excelente ponto para os fotógrafos e videomakers. Em dias de água clara, a visibilidade pode chegar aos 15m e em frente à ilha, existe um grande lajeado na profundidade média de 8 aos 12m com muita vida marinha, e pequenos cânions, tornando o mergulho extremamente agradável.

A temperatura varia entre 17 e 23ºC e deve-se tomar cuidado com algumas lanchas que param na ilha para banho de sol.

Laje das Tijucas

Está localizada logo após a Ilha Pontuda, com diversos rochedos e muitos peixes de passagem, pois está mais longe das praias e são poucas as embarcações que lá ancoram. O local é muito bonito e ótimo para fotos.

A visibilidade pode chegar aos 20m em dias de água clara, pois como as demais ilhas deste arquipélago, também sofre influência do Canal da Joatinga.

O mergulho só é aconselhável para mergulhadores avançados, tendo em vista que não há abrigo, havendo a possibilidade de correntes mais fortes. A profundidade local gira em torno dos 6 aos 37m. 

Redação
Se você possui mais informações sobre o assunto acima, entre em contato com a nossa equipe e ajude a tornar este site ainda mais completo. Isso ajudará os mergulhadores e todos aqueles que estiverem buscando por mais informações.