Atlantis I Dolphin

O Atlantis I, da DRÄGER, é um rebreather de sistema semi-fechado que usa Nitrox como mescla respirável, sendo ideal para mergulhadores recreativos sérios e para profissionais.

O uso de Nitrox dará ao mergulhador tempos maiores de não descompressão e em geral um mergulho bem mais seguro, como resultado da redução de nitrogênio na mescla. O mundo silencioso é trazido até nós pelos Rebreathers, levando fotógrafos, pesquisadores e profissionais de filmagem a chegar bem perto da natureza.

O Atlantis I retira o excesso de dióxido de carbono, do gás exalado pelo mergulhador, repondo-o com uma quantidade determinada de Nitrox, fornecida a um fluxo constante e por uma válvula de demanda, caso seja necessário, sendo que o consumo de gás poderá ser em até 95% menor, com o seu uso.

Há também uma significativa redução na quantidade de gás a ser transportado pelo mergulhador, podendo ter um fim de semana inteiro de mergulho com apenas um cilindro (4 litros) e a unidade Atlantis I. Antes de qualquer coisa obtenha informações e treinamento adequado em Nitrox e na unidade Atlantis I, em uma das agências certificadoras. O treinamento é a peça-chave para quem deseja mergulhar com Rebreathers, sejam eles semi-fechados ou fechados.

O Atlantis I é uma unidade simples, de certo modo fácil de preparar, mergulhar e manter, e se baseia nos seguintes princípios:

  • Unidade Semi-Fechada;
  • Usando Nitrox como gás respirável;
  • As mesclas podem ser de 32% , 40% , 50% e 60% de oxigênio;
  • É limitada pela profundidade;
  • Fluxo constante pelo segundo estágio de equipamento;
  • Absorção do dióxido de carbono por um cartucho depurador;
  • Compensador de flutuabilidade integrado.

A duração do cilindro de 4 litros a 200 bares depende da profundidade e da mescla usada e as ideais são:

  • 0m a 17m / 125 minutos com EANx60
  • 0m a 22m /   95 minutos com EANx50
  • 0m a 30m /   67 minutos com EANx40
  • 0m a 40m /   47 minutos com EANx32

O absorvente é o DiveSorb da Dräger, com cerca de 2,7 kgs por recarga, sendo que esta recarga durará de 2 a 4 horas, dependendo muito da temperatura da água e de outros fatores.
Válvula de pressão, regulável dependendo da capacidade pulmonar do mergulhador, de 1.25 a 25m bares no seu raio de ajuste.

Peso em superfície: cerca de 15kgs, na água praticamente neutro.

Bolsa respiratórias, com capacidade de mover cerca de 7,1 litros que, é o volume máximo no circuito, entre a inalação e exalação. Se incluirmos o cartucho depurador (Canister) o volume do ciclo respiratório passa a ser de 10,5 litros.

A temperatura de operação deverá ficar entre 0 e 30 graus.

As vantagens do Atlantis I são diversas, tais como:

  • Redução no consumo do gás em até 95%;
  • Redução no gás inerte, na mescla respiratória;
  • Descompressão mais segura;
  • Maior tempo de não descompressão e diminuição da narcose no campo do mergulho recreativo;
  • Operação silenciosa e com redução de bolhas;
  • Respiração sem alterar a flutuabilidade;
  • Equilíbrio termal maior, causado pelo calor gerado pelo cartucho depurador;
  • Menor que os equipamentos de circuito aberto;
  • Operação com mais segurança, devido ao uso de gases pré-mixados,

Créditos: Manual DRAGER Atlantis I – (Setembro 1996) DRÄGER

Carlos Nelli Borges
Carlos Nelli Borges é Master Scuba Instructor pela PADI, Instrutor de Rebreather pela TDI (E.1211.I) e Instrutor Trainer Rebreather pela RAB (BR-133-02/98), possindo mais de 1.200 mergulhos com rebreathers. Foi representante da Dräger no Brasil entre 1997 e 2000. Atualmente atua como instrutor na África do Sul.