Caixa Estanque: Visor do LCD com proteção transparente

Foto: Clecio Mayrink

Quem utiliza caixa estanque fabricada em acrílico, como as caixas da Canon e Ikelite por exemplo, muitas vezes se preocupa com a possibilidade de ocorrer um incidente com sua caixa e acabar arranhando a tampa traseira, área por onde o mergulhador enxerga o que está fotografando.

Isso não é uma coisa difícil de acontecer, diante de tantos objetos pontiagudos e metálicos encontrados nas embarcações.

Pensando em algo que pudesse proteger essa área exposta, surgiu a ideia de usar uma proteção plástica, dessas usadas em telefone celular e ou em tablet.

Essas proteções são facilmente encontradas em lojas de acessórios para telefones e tablets, ou em camelôs, tendo um baixo custo. Nada mais que R$ 5 ou 10.

Foto: Clecio Mayrink

Aplicação na caixa

Antes de aplicar na área por onde se enxerga o LCD da câmera no interior da caixa estanque, faça uma boa limpeza do local, não deixando qualquer sujeira, areia ou poeira. Uma dica, é ligar um ventilador próximo, pois dessa forma, o vento estará jogando a poeira para longe e não deixará que ela caia no momento da colocação da proteção.

Outro ponto importante, é que normalmente essas proteções plásticas possuem duas etiquetas que identificam os passos da colocação. Elas ficam para fora da proteção, e quem for aplicá-la na caixa estanque deverá seguir corretamente a ordem. Você verá nessas etiquetas o número 1 e 2, que indicam o passo 1 e passo 2.

  • Então, tendo adquirido uma proteção plástica com o tamanho condizente com a área onde ela será aplicada, recorte a proteção para que ela cubra a área desejada;
  • Retire uma lâmina 1 da proteção plástica e posicione na área a ser aplicada;
  • Com cautela, encoste as pontas de um lado da proteção plástica no acrílico, e com o dedo, continue colocando a proteção de um lado para o outro, removendo toda e qualquer bolha de ar que venha a ficar retida;
  • É importante que a proteção esteja totalmente sem bolhas, tendo em vista que elas poderão fazer com que a proteção se solte da caixa estanque;
  • Feita a colocação da proteção, agora retire a lâmina de proteção número 2, para que a proteção plástica fique totalmente exposta.

Ao retornar de cada mergulho, jogue sempre água doce na proteção plástica, para evitar que grude resíduo e areia entre ela e a caixa estanque

Caixa já com a proteção colocada – Foto: Clecio Mayrink
Clecio Mayrink
Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em 1987 pela CMAS e realizou Dive Master em 1990 pela PADI. Hoje é mergulhador Técnico Trimix (Mergulho Profundo) e de cavernas (Technical Cave Diver e Advanced Cave Side Mount / No Mount). É juiz internacional de apneia pela AIDA e foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS em 2008. Foi o idealizador do site Brasil Mergulho criado em 1998 (MTB 0081769/SP), atuou como consultor para a ONU, UNESCO, além de diversos órgãos públicos no Brasil.