Calíope

Data: 17/08/1860

GPS

Localização: 5 léguas da barra do Uru – Fonte: Marinha do Brasil

Profundidade (m):

Visibilidade (m):

Motivo:

Estado:

Carga:

Tipo: Brigue

Nacionalidade: Brasil

Dimensões (m): 26.51 / 6.70 / 3.04

Deslocamento (t): 194

Armador: Marinha do Brasil

Estaleiro

Propulsão: Vela com mastreação armada em brigue

Fabricação: 08/1838

Notas:

Armamento: 2 colubrinas de calibre 12 e 2 caronadas de calibre 24. Tripulação: 93 homens.

Histórico

O Brigue-Escuna Calíope, foi o único navio a ostentar esse nome na Marinha do Brasil, em homenagem a essa que era uma das nove musas da mitologia grega. Foi construído no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro, teve sua quilha batida em agosto de 1838, foi lançada ao mar em 27 de maio de 1839 e foi submetida a Mostra de Armamento e incorporada em 13 de agosto de 1839. Foi seu primeiro comandante o 1º Tenente Augusto César de Castro Meneses.

1847

Em dezembro, estacionou em Pernambuco, onde ficou até dezembro de 1850.

1849

Em 2 de fevereiro, combateu contra os rebeldes “praieiros” em Pernambuco.

1851

Em 6 de abril, partiu do Rio de Janeiro, integrando a Força Naval que, sob o comando do Chefe Grenfell seguiu para operações no Rio da Plata.

Em 11 de outubro, integrando a Divisão do Chefe Grenfell, impediu a retirada e assistiu à capitulação de Oribe. Depois das operações permaneceu em estação no Rio da Plata.

1852

Em 20 de março, deixou a estação no Rio de Plata.

1860

Em 17 de agosto, naufragou na costa do Maranhão a 5 léguas da barra do Uru, sendo na ocasião seu comandante o Capitão-Tenente Manuel Maria Lobo Botelho.

Redação
Se você possui mais informações sobre o assunto acima, entre em contato com a nossa equipe e ajude a tornar este site ainda mais completo. Isso ajudará os mergulhadores e todos aqueles que estiverem buscando por mais informações.