Campos

Identificação não confirmada

Nome Anterior: Asuncion

Data: 23/10/1943

GPS: 23º 59,578′ S / 45º 27,068′ W

Localização: 15 milhas de Alcatrazes (Identificação não confirmada)

Profundidade (m): 40 – 55

Visibilidade (m): 1 – 4

Motivo: Torpedeado pelo submarino U-170 às 8h

Estado: Semi-inteiro

Carga: Passageiros e outros

Tipo: Cargueiro à vapor

Nacionalidade: Brasil

Dimensões (m): 116 / 14 / 12

Deslocamento (t): 4.663

Armador: Hamburg-Sud Alemanha

Estaleiro: Neubauten Blohm & Voss

Propulsão

Fabricação: 04/09/1895 em Hamburgo – Alemanha

Notas:

Fundo de lodo mole, muita suspensão e fortes correntes.

O registro de naufrágios da Marinha do Brasil, relata as seguintes infrmações:

  • Torpedeado à 08:10 do dia 23/10/1943 à 5 milhas ao sul de Alcatrazes, cerca de 20 milhas do continnte préximo à Santos;
  • Navegava isolado do Rio de Janeiro para o Rio Grande do Sul;
  • O torpedo o atingiu a vante de boreste, inutilizando a estação radiotelegráfica;
  • Certos de que o navio iria afundar, a tripulação abandonou o navio;
  • Das 4 baleeiras que foram descidas, 2 foram pegas pelo hélice que ainda em movimento, morrendo alguns dos tripulantes;
  • Quando a tripulação entrou nas baleeiras, o Campos foi novamente atingido por um torpedo na proa, à bombordo 15min após o primeiro, tendo o navio adernado para boreste;
  • As duas baleeiras alcançaram a terra, uma em Santos e a outra na Ilhabela;
  • O Campos era comandado pelo Capital de Corveta da Reserva, Mário do Amaral Gama;
  • Dos 57 tripulantes e 6 passageiros (tripulantes do vapor Caxambu), salvaram-se 47 tripulantes e 4 passageiros;
  • Navio de 1 hélice apenas.

Imagens:

Campos2

Redação

Se você possui mais informações sobre o assunto acima, entre em contato com a nossa equipe e ajude a tornar este site ainda mais completo. Isso ajudará os mergulhadores e todos aqueles que estiverem buscando por mais informações.