Carioca

Data: 13/04/1859

GPS:

Localização: Enseada de Santo Amaro, em um local chamado Enseadinha – Próximo à Santos.

Profundidade (m):

Visibilidade (m):

Motivo: Mau tempo

Estado: Desmantelado

Carga: Material bélico

Tipo: Corveta

Nacionalidade: Brasil

Dimensões (m): 37.49 / 10.05 / 7.01

Deslocamento (t): 818

Armador: Marinha do Brasil

Estaleiro: Marinha do Brasil

Propulsão: Vela armada em Corveta

Fabricação: 06/07/1824

Notas:

1824

Fez parte da Divisão Naval que ao mando do Almirante Lorde Cochrane, foi enviada contra os revolucionarios pernambucanos da “Confederacao do Equador”.

1827

Em 3 de junho, tomou parte dos combates na Provincia Cisplatina, fazendo parte da 1ª Divisão da Esquadra, comandada pelo Almirante Pinto Guedes.

1828

Em 17 de fevereiro, voltou a tomar parte de combates na Província Cisplatina.

1844

Em outubro, estacionou na Província de Pernambuco, onde permaneceu até junho de 1845.

1859

Em 13 de abril, naufragou na enseada de Santo Amaro, perto de Santos, litoral de São Paulo, e foi destruída por um violento temporal. Era seu comandante na ocasião o Capitão-Tenente Miguel Antônio Pestana.

Fonte: Navios de Guerra Brasileiros

Redação
Se você possui mais informações sobre o assunto acima, entre em contato com a nossa equipe e ajude a tornar este site ainda mais completo. Isso ajudará os mergulhadores e todos aqueles que estiverem buscando por mais informações.