Compacta ou DSLR – Que câmera devo comprar ?

Foto: Clécio Mayrink

Essa foi uma pergunta que li recentemente em um fórum, porém, é o tipo de pergunta mais que comum entre os mergulhadores que desejam ingressar na fotografia subaquática.

Antes de tudo, vamos entender as diferenças entre câmeras.

Tipos

Basicamente, encontramos dois tipos de câmeras no mercado, as chamadas Compactas e as DSLR.

Câmeras compactas, são câmeras com menor custo, tamanho e número limitado em configurações, quando comparamos com as DSLR´s.

Em tese, as compactas possuem recursos limitados, mas com o crescimento da fotografia digital, hoje é possível encontrar alguns modelos de câmeras com excelentes configurações, e gerando excelentes resultados. Câmeras da linha S95, S100 e G12 da Canon, são consideradas excelentes câmeras compactas para o mergulho.

Em termos de equipamentos, o que diferencia a qualidade da foto subaquática, é o sistema, sensor e qualidade ótica. Na aquisição de uma câmera, o mergulhador deverá escolher bem seu equipamento, pois os equipamentos de foto subaquática são caros, e uma coisa puxa a outra, encarecendo bem o conjunto.

Quando digo que uma coisa puxa a outra, pense no seguinte…  Uma câmera precisa de uma caixa estanque apropriada. Para tirar boas fotos, você precisa de um bom flash, que precisa de cabos para ligá-lo a câmera. O Flash em si, necessita também de um braço para que você consiga posicioná-lo corretamente em relação ao objeto a ser fotografado. Para que o braço seja articulado, você precisa do chamado clamp. Além disso, conforme o tipo de foto desejada, você irá precisar de uma lente específica para cada tipo de foto, e dependendo da lente, você pode precisar de um domo e um extensor.

Enfim, uma série de itens fabricados no exterior e com valores em dólares.

Antes de comprar o equipamento, faça uam pergunta para si:

Pretendo tirar que tipo de foto ?

Amadoras ou Profissionais ?

É lógico que qualquer ser humano deseja o melhor em equipamentos, porém, é preciso saber se ele está acessível e irá de fato, atender suas necessidades. Outro aspecto importante, é saber que tipo de fotos você pretende tirar.

Respondida a primeira pergunta (amador ou profissional), pense em que situações você usará a câmera e o quanto será usada.

Você pode gerar imagens para uma revista por exemplo, sem utilizar câmeras DSLR. Talvez isso seja recomendável se você fotografar muito pouco ou raramente. Do contrário, uma DSRL é recomendável. Hoje encontramos caixas estanques para câmeras compactas de excelente qualidade, permitindo o uso com diversos tipos de lentes, fornecendo imagens dos mais variados tipos e formas.

No caso da DSLR, em razão do sensor de captação das imagens, sistema e as maior número de configurações, certamente você terá resultados melhores e uma qualidade em imagem superior.

Valores

Quanto custa uma câmera ?

Uma câmera compacta irá gerar um custo próximo aos U$ 300 / 400 se adquiridos no exterior. Já uma DSLR, a coisa chega à casa nos milhares de dólares, requerendo mais habilidades do mergulhador fotógrafo.

Se você é iniciante, é recomendável começar com uma compacta e progressivamente, ir trocando seus equipamentos, pois não adianta comprar o que há de melhor em DSLR, e achar que sairá fotografando como profissional, pois fotografas fora d´água é muito diferente de fotografar submerso.

Clecio Mayrink
Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em 1987 pela CMAS e realizou Dive Master em 1990 pela PADI. Hoje é mergulhador Técnico Trimix (Mergulho Profundo) e de cavernas (Technical Cave Diver e Advanced Cave Side Mount / No Mount). É juiz internacional de apneia pela AIDA e foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS em 2008. Produziu documentários sobre as Bahamas, Bonaire, Galápagos e Laje de Santos, visitando mais de 30 países. Foi o idealizador do site Brasil Mergulho criado em 1998 (MTB 0081769/SP), atuou como consultor para a ONU, UNESCO, além de diversos órgãos públicos no Brasil.