Corais e Cavernas em Playa del Carmen

Foto: Clécio Mayrink

Ostentando a segunda maior barreira de corais do mundo, perdendo apenas para a Grande Barreira na Austrália, a área conhecida como Riviera Maya se tornou destino para mergulhadores de todo o mundo. O Grande Recife Maya se estende de 53 km ao norte de Cancun até 455 km ao sul de Playa del Carmen e oferece uma variedade incrível de pontos de mergulho para todos os níveis.

Quando tive o prazer de visitar a região me hospedei em Playa del Carmen pois já havia ouvido maravilhas sobre a cidade. Playa fica a 65 km ao sul de Cancun e é uma opção para quem quer evitar a bagunça e noitada, e prefere curtir uma cidade tranquila e charmosa.

No centro está a Quinta Avenida, a principal rua, com barzinhos, restaurantes e lojas. É lá que fica grande parte das operadoras de mergulho.

Existem cerca de 70 pontos de mergulho na região, e a maioria está a uma pequena distância de barco. O lindo recife abriga incríveis corais, mais de 500 espécies de peixes, tartarugas, raias, barracudas e até tubarões em certas épocas do ano. Os mergulhos variam de 10 a 30 metros e a água é morna o ano inteiro.

Corais

No pouco tempo que estive por lá, tive a oportunidade de fazer uma saída com o pessoal da Tank-Ha. Como os pontos de mergulho eram bem próximos, fomos todos num Zodiac. Paramos no ponto conhecido como Moc-che Shallow. É o menor dos pontos de mergulho, mas conta com uma impressionante flora e fauna.

Com profundidade máxima de 13 m, é comum encontrar-se uma variedade de peixes tropicais e barracudas além de uma grande moréia verde que mora lá há anos. É um mergulho para fazer com calma e focando nos pequenos animais, como os caranguejos seta. Há muito para ser visto.

De lá seguimos para o Jardines, que tem esse nome devido à vegetação presente.

Além de uma variedade de esponjas, Hard Coral e Fan Coral, esse recife é coberto de gorgônias e outras plantas, servindo de lar para uma abundância de vida marinha, incluindo moréias verdes e moréias pintadas. Mergulho tranquilo com um pouco de corrente e Mexico1profundidade máxima de 20m.

Cavernas

Não bastasse os incríveis corais, plantas e peixes nas águas mornas do Caribe, um sistema de rios subterrâneos traz todo um novo elemento para exploração e diversão. Com mais de 320 km de cavernas e rios subterrâneos, a Riviera Maya tornou-se um dos principais destinos no mundo para mergulho em grutas e cavernas.

Um nome muito usado para chamar essas cavernas é Cenotes, que derivado do Maya significa sagrado.

Mergulhadores recreativos podem explorar as diversas grutas (caverns) da região, que apesar de terem teto apresentam entradas de luz, mas apenas mergulhadores com certificação técnica devem se aventurar nas cavernas (caves). Use sempre o serviço de um guia experiente nesses tipos de mergulho.

Para minha primeira experiência em grutas submarinas, escolhi os serviços da Protec Playa, especializada em mergulho técnico e, por coincidência, um dos donos era Brasileiro. Já sabia qual seria o nosso destino – Dos Ojos.

Localizado a cerca de 50km ao sul de Playa del Carmen e com acesso por carro, Dos Ojos é um dos maiores sistemas de cavernas submarinas do mundo. São mais de 57km de extensão e 25 entradas documentadas. O nome, espanhol para Dois Olhos, refere-se a uma das principais entradas com 2 grandes dolinas.

Visibilidade limitada apenas pelas lanternas, temperatura média de 25ºC, estalactites, estalagmites, fósseis, pequenos peixes e camarões de água doce marcaram esse mergulho como um dos melhores na minha vida. Certamente uma experiência sem igual.

Outro elemento incrível do mergulho em grutas e cavernas é a existência de água salgada e água doce formando o fenômeno Haloclina. Em certas partes do mergulho, o encontro da água doce com a salgada cria uma visão muito interessante. É muito difícil de descrever, mas água se torna gradiente, como se você estivesse vendo tudo através de uma vidraça.

Passamos cerca de 1 hora explorando esse incrível rio subterrâneo a uma profundidade máxima de 10 metros.

Mexico2Fizemos o segundo mergulho em outra gruta na mesma região chamada La Ponderosa. Uma característica marcante dessa gruta, são aberturas por onde entra-se luz, abrindo uma janela para o interior da floresta. Devido à claridade, parece que a água nem está presente e em certos momentos a impressão é que eu deveria estar andando, e não nadando.

Foram essas aventuras, além da lindas praias paradisíacas, a deliciosa culinária mexicana e as margueritas geladas que fizeram dessa viagem inesquecível. Espero que vocês também encontrem essa oportunidade. Até a próxima !

Dicas

Operadora de mergulho e centro de treinamento avançado. Conhecem as grutas e cavernas como ninguém.

Riu Hotels & Resorts – Hotéis all-inclusive com ótimo serviço e conforto na Riviera Maia e outras regiões

Tank-Ha Dive Center – Operadora de mergulho com pacotes de mergulhos a preços acessíveis. Com saídas de inflável Zodiac de manhã e a tarde, para os pontos de mergulhos à poucos minutos de distância.

Yan Grossman
Mergulha desde 1991 e trabalha com Marketing Digital. Além de adorar o mar, gosta muito das montanhas geladas e é criador do site de snowboarding e viagens para a neve Snowbrasil.com