Curaçao – A ilha do mergulho

Sei que ao se falar de mergulho nas Antilhas Holandesas você logo pensa em Bonaire com seus fantásticos mergulhos de praia e conhecida como o paraíso dos mergulhos. Pois bem, as Antilhas têm muito mais a oferecer.

Você precisa conhecer também Curaçao, que oferece aos aficionados por mergulho e para quem sai de férias com a família e deseja ter atrativos para todos os gostos, além de mergulhos.

Localização

Localizada ao sul do Caribe, Curaçao é a maior ilha das Antilhas Holandesas, com cerca de 38 km de uma ponta à outra, e 10 km de largura, estando entre as ilhas Aruba e Bonaire, formando assim, o chamado as ABC do Caribe, estando distante apenas, 35 milhas da costa venezuelana.

Essa localização tem a grande vantagem em relação as ilhas mais ao norte, pois estão fora da rota dos furacões, que de tempos em tempos, sacodem a área mais ao norte do Caribe, como Cozumel, Cuba, Bahamas e ilhas caribenhas no segundo semestre de cada ano.

História

A história de Curaçao inicia 6.000 anos atrás, com a migração de tribos de caiquetios pertencentes a família dos Arawak, oriundos do continente sul-americano. Descoberta pelo europeus em 1499 por uma expedição espanhola, manteve-se sobre domínio espanhol até o começo do século XVI. Os primeiros holandeses que chegaram a ilha, de acordo com os registros, teriam chegado no ano de 1621, com expedição da Companhia Neerlandesa das Índias Ocidentais, mandado por Johan Van Walbeeck, que reclamou a ilha para os Países Baixos.

Diversas fortificações foram feitas nesta época, por ser um ponto estratégico para o comércio nas Américas, principalmente de escravos. Nos anos 20, foi descoberto petróleo na costa venezuelana e Curaçao assim como Aruba, tornaram-se importantes centros de destilação de petróleo proveniente da Venezuela. Isso tornou Curaçao um dos grandes pontos estratégicos na Segunda Guerra Mundial.

Nome da Ilha

Uma das curiosidades da ilha é a origem do nome. Seria de Coração ? ou de Curaçao (de curar) ?

Bem, a história é interessante… Alguns acham que pela descoberta espanhola, a chamavam de Ilha Curazon, e os portugueses converteram para Curaçao. Mas a outra história, que por sinal me convence mais, é que durante as viagens para o novo continente, muitos marinheiros adoeciam principalmente pelo escorbuto, doença provocada por carência de vitamina C, devido a ingestão diária de frutos e folhas, e que eram deixados na ilha para serem tratados. Na época, uma bebida era produzida com frutas da ilha e se curavam, e daí, viria o nome de Ilha de Curaçao ou Curaçao.

Tenho uma sugestão. Que tal chamar de Ilha de curar o Coração ?

Porque você se sente tão bem nessa ilha, que com certeza, ela faz bem para o coração…

“Curasorbo e Curasoto, significam especificamente, “trago de bebida para cura” e “matagal de cura”. Assim, se entende a palavra Curaçao (arte de curar) e não com o significado de “coração”.

Curacao01

Natureza

A ilha possui mais de 30 praias, sendo algumas delas bem isoladas ao norte e outras bem agitadas ao sul, como a Mambo Beach. Entre elas, muitas com ótimos mergulhos e vegetação predominantemente baixa, formadas por pequenas árvores, arbustos e cactos que se destacam por chegar aos 9m de altura.

A ilha é também o lar das Divi Divi, a famosa árvore inclinada das ilhas ABC. A árvore fica exposta aos ventos que sopram de leste para oeste por toda a ilha. Por esse motivo, a árvore sempre apontam para o oeste. Na ilha também existem alguns animais como os veados, que segundo especialistas, podem ter sido trazidos pelos índios Arawaks do continente. Iguanas verdes e de outras cores também são abundantes. Há dezenas de espécies de aves como garças, pelicanos e logicamente, os fabulosos Flamingos.

Papiamento

Foi em Curaçao que a língua papiamento surgiu. O comércio de escravos africanos provenientes das colônias portuguesas, acabou misturando com o espanhol e o holandês dos colonizadores, tornando-se a forma mais comum de comunicação entre os curaçaenses. Esse dialeto se transformou em “língua” com gramática, e apesar de uma grande parcela da população usar diariamente o papiamento e língua oficial é o holandês.

É possível entender algumas palavras, mas se você quiser treiná-lo, é só ir ao Parque de diversões Hopi Hari em São Paulo. A língua que eles usam no parque foi inspirada no papiamento. Hopi Hari significa rir muito em papiamento. Mas calma, com um portunhol ou inglês você se comunica muito bem em Curaçao.

Algumas palavras:

  • Bon Bini – Bem-vindo
  • Bon bia – Bom dia
  • Bon tardi – Boa Tarde
  • Bonochi – Boa noite
  • Con ta bai? – Onde você vai ?
  • Danki – Obrigado
  • Mi ta bon, danki – Eu estou bem, obrigado
  • Por fabor – Por Favor
  • Masha danki – Muito Obrigado
  • Di nada – De nada
  • Hopi bom – Muito bom
  • Mi ta comprende – Eu entendo
  • Mi kier un serbes bom friew – Eu gostaria de uma cerveja gelada.

Amsterdã Caribenha

A arquitetura holandesa está presente em toda parte. As casas coloridas e muito bem conservadas, como as de Punda do centro Willemstad, são o cartão postal da ilha. O charme da arquitetura combina muito com a ilha caribenha. Prédios como uma das primeiras sinagogas das Américas (1732) ainda é utilizada pela população judaica.

Todas as religiões são praticadas livremente e a católica representa 80% da população. Bares e restaurantes montados à beira do canal que divide Willemstad, são perfeitos para apreciar o belíssimo lugar. Para cruzar de um lado para o outro do canal que dá acesso ao porto, há uma ponte móvel que recolhe para passagem dos navios enormes, e logo depois, pequenas balsas começam a transportar as pessoas de um lado para outro.

Outros aspectos da cultura européia, é a valorização da cultura. Vários museus estão espalhados pela ilha, entre eles, o Museu Curaçao, localizado em Otrobanda (outro lado do canal) em um edifício histórico datado de 1853, onde há uma coleção de mobiliário do século XVIII, mapas antigos entre outras obras.

O Museu Marítimo próximo ao mercado flutuante em Punda, traz as histórias marítimas de Curaçao e inclui miniaturas de antigos navios do Século XVII, além de mapas, sendo alguns deles datados de 1500.

Além desses, há muitos outros museus, como o Museu Histórico Cultural Judaica, que faz parte da Sinagoga Mikvé Israel-Emanuel, Museu Kurá Hulanda com obras de arte expostas em todos os lugares, além de outros.

Free Zone

Curaçao tem uma área portuária livre de impostos, com produtos variados vendidos geralmente no atacado, mas pode-se comprar também no varejo.

As mercadorias são despachadas por navio ou no seu voo de retorno. Não achei nada de interessante, pois não há muitos eletrônicos e a grande maioria dos grandes galpões, são comercializados apenas roupas de gosto duvidoso, sapatos de onçinha, bebidas, perfumes, artigos para bebês, e muito coisa de todo o tipo “made in china”.

É necessário levar o passaporte, e um detalhe, como não há impostos em Curaçao, não devemos esquecer que há o limite de compras sem impostos no Brasil, hoje de U$ 500, sendo que comprar que ultrapassem esse valor, serão taxadas no Brasil.

Já em Punta, com as casas coloridas, parece em Duty Free a céu aberto, com várias lojas de perfumes, joias, relógios, máquinas fotográficas, charutos e ruas repletas de mimos e recordações. As lojas têm preços muito bons para alguns artigos e apesar de não ser livre de impostos, eles trabalham com impostos reduzidos.

E antes que você pense “tem equipamentos de mergulho ?”

A resposta é não. Somente nas lojas de mergulho e com preços muito próximo dos praticados aqui no Brasil.

Curacao03

Mergulhos

Os mergulhos são ótimos, principalmente os do lado oeste da ilha onde a visibilidade chega a superar os 30m. Não tem como não comparar com Bonaire, pois em alguns pontos o mergulho, se assemelha muito com recifes de corais, muitos peixes e bastantes vida macro, mas em outros, a ilha apresenta características próprias, com pontos diferenciados onde os tipos de corais diferentes ou com esponjas girantes perecidas com um caldeirão de bruxa, ou ainda, com orelha de elefante com um laranja contrastante.

Alguns pontos são paredões quase verticais e outros bem rasos, como um mergulho em uma piscina natural. Há também alguns naufrágios, como o cargueiro Superior Producer, que afundou em 1978 e está aos 30m de profundidade e próximo Willemstad.

O pequeno rebocador (Tugboat) aos 5m de profundidade, além de um cemitério de carros dos anos 40 (Car Pile), carga do que restou do navio S.S Orange Nassau (1909). Não podemos esquecer, dos aviões e o histórico Mediator (1884), além de outros que fazem alegria dos amantes de naufrágios.

Por ter um variedade em mergulhos, acho que Curaçao um paraíso para os mergulhadores. Os mergulhos de praia no estilo Dive and Drive, são um grande atrativo na ilha, e você compra um guia com os pontos de mergulho de praia e é só colocar os cilindros na pick up.

As saídas de barco acabam tendo uma navegação não superior aos 30 minutos de distância de cada hotel normalmente, mas existem alguns pontos de mergulho mais distantes como “Alice no pais das maravilhas”, que dependendo de onde você está hospedado, uma van pode lhe buscar no hotel e levá-lo até um píer mais próximo do ponto, ou até Klein Curaçao, uma ilha pequena, sendo mais afastada.

As operadoras de Curaçao são partidários do conceito “diving freedom” , e não é só porque você tem liberdade de mergulhar 24 horas por dia 7 dias por semana, mas eles também te dão muita liberdade de fazer o seu perfil. Na preleção deles, dizem qual será o perfil do mergulho, mas se você não quiser seguir, basta respeitar o limite máximo de 1 hora.

Os mergulhadores não acostumados com isso, estranham quando o Dive Master não corre atrás deles se ficar para trás. Também não se incomodam se um mergulhador como eu, vai para lado contrário para fotografar.

“Você é certificado, então sabe o que fazer.” esse é o discurso dos guias de mergulho.

Sea Aquarium

O Curaçao Sea Aquarium é possivelmente a atração turística mais popular. É um daqueles lugares onde você pode mergulhar, literalmente, no vasto mundo submarino.

Localizada na costa sudeste de Willemstad, o Sea Aquarium inclui uma marina, uma grande praia, um hotel e o complexo do aquário. Está localizada próxima ao Curacao Marine Park, uma área marinha protegida para mergulhadores e para fins de exploração por biólogos marinhos e outros cientistas, em uma área denominada “Bapor Kibra” ou “Broken Boat”, após o Navio a vapor S.S. Oranje Nassau, que naufragou em 1906, sendo uma ótima opção para um mergulho livre, encontro com animais.

Academia Golfinho

Algumas pessoas torcem o nariz para esse tipo de show, mas os programas são educativos, principalmente para crianças. A Academia Golfinho oferece uma variedade de programas em que você pode interagir com os golfinhos. Tocando, acariciando, mergulhando, nadando e até beijar os amados mamíferos. Você também pode participar das apresentações educativas gratuitas ou apenas observar os golfinhos ao lado da lagoa natural.

Eles esperam que você possa aprender alguma coisa com os encontros, pois a educação é tratada como uma parte importante dos muitos programas oferecidos por lá. O local está localizado no Curaçao Sea Aquarium. Tudo o que você optar por fazer na Academia Golfinho, será uma experiência para esquecer nunca.

Algumas atividades no local:

  • Golfinho Open Water Dive – É o mergulho entre os golfinhos, sendo uma experiência sensacional. Este programa pode ser frequentado por mergulhadores certificados, onde você sai para um mergulho e os golfinho acompanham você durante todo o mergulho.
  • Golfinho Snorkel – O Programa lhe oferece a rara oportunidade de aprender mais sobre eles em sua natural lagoa de água salgada. Antes da atividade, você recebe algumas instruções dos treinadores.
  • Dolphin Swim – Natação com os golfinhos, acompanhados pelos treinadores. Apenas para nadadores experientes.
  • Golfinho Encounters – Este programa oferece uma estreita interação com os golfinhos em águas rasas e logicamente, tirar uma foto com o “Flipper” te beijando.

Encontro com Animais

Em tanques especialmente desenvolvidos para a interação com as pessoas, encontramos alguns tanques de “toque” com estrelas e ouriços, e um tanque com tubarões lixa, onde os treinadores alimentam os animais juntamente com o público.

Há também as famosas piscinas naturais com tartarugas, tubarões e outros animais, que através de pequenos buracos nas placas de acrílico, você poderá alimentá-los com pequenos peixes.

Muitos animais achados doentes ou machucados, são levados para lá para tratamento

Passeios

Talvez essa seja a grande diferença de Curaçao, pois você terá dezenas de passeios para fazer em terra e atrativos para todos os gostos. Irá encontrar museus, compras, passeios à cavalo, quadriciclo pelo centro árido da ilha, alugar uma moto Harley Davidson para dar umas voltas, esportes náuticos como windsurf, kite surf, passeios de barco a vela, submarinos, jetski, caiaque, entre outros.

Para quem gosta de dar umas pedaladas, é um excelente lugar para a prática de Mountain Bike, e há até uma corrida oficial, a Amstel Curaçao Race. Encontramos também o campo para a prática de Paintball no Paintball Club Curaçao, ou os lindos campos de Golf no Blue Bay Curaçao Golf & Beach Resort.

Se você quiser ficar longe de passeios agitados, procure uma praia sossegada ou conhecer as Hato Caves, um tranqüilo passeio nas cavernas e penhascos de formação calcária que ainda estão em evolução.

Para facilitar o acesso aos turistas, há calcadas e boa iluminação. Você também pode alugar um veleiro para desfrutar de horas relaxantes de navegação até uma praia quase deserta. Visitar a fazenda de avestruzes e outros bichinhos, é um atrativo principalmente para criançada.

Curaçao Blue

Você já viu daquele coquetel azul piscina que dá vontade de mergulhar no copo ?

Provavelmente esse drink foi preparado com o famoso licor Curaçao Blue, e a fábrica original do licor de laranja fica em Curaçao. O processo destilação é o mesmo desde 1896. Vale a pena visitá-la e experimentar todos os sabores. Há um de chocolate maravilhoso.

Procure também o delicioso suco de Aloe Vera. A plantação fica próxima da fazenda de avestruzes e possui visitas monitoradas, além da venda de produtos com cremes, xampu e protetor solar feito com a planta.

Noites

Cansou ?

Pensou em ir para o hotel ?

Tudo bem, mas é só tomar um banho e colocar uma roupinha transada para curtir a noite de Curaçao.

Para quem gosta de Cassinos, há vários deles nos hotéis mais luxuosos, muitas máquinas caça-níquel, mesas de Black Jack e roletas que atraem os turistas e pessoal local.

Os ótimos restaurantes de Punda, assim como os restaurantes nos hotéis, satisfazem os mais exigentes gostos em comidas locais. Pratos italianos, tailandeses e toda cozinha internacional é encontrada, sendo um verdadeiro paraíso gastronômico.

Vários Cafés e Bares à beira mar são agitados à noite, com destaque para o Blues Bar & Restaurant, com um Jazz Club no hotel Avila e apresentações ao vivo todas as sextas e sábados.

Chega ? Não, vamos lá, existem diversas baladas…

Pela ilha encontramos diversas boates nos hotéis e muita diversão em clubs como o Wet & Wild Beach Club e o Mambo Beach. Aos sábados, a música não pára antes das 4hs da manhã.

Se após ler esse artigo e não estiver convencido de fazer as malas agora, veja o que os hotéis têm a oferecer e os valores de pacotes semanais.

Masha danki !

Sandro César

Sandro César do Nascimento também conhecido como “Sandrão”, é Técnico em turismo, Guia de Turismo Nacional e Internacional, agente de viagens especialista em mergulho.

Mergulhador há mais de 25 anos, é instrutor de mergulho desde 1993, fotógrafo especialista foto submarina e diretor da Oxigenação Turismo e Empreendimentos.