DEMA Show 2017

Foto: Clécio Mayrink

Nossa equipe esteve presente durante o último DEMA Show 2017 ocorrido no Orange County Convention Center, na cidade americana de Orlando, na Flórida, e pode ver de perto, como anda o mercado internacional do mergulho e as últimas novidades.

O evento conta com a participação de empresas com os mais variados tamanhos, focando basicamente, no mergulho recreacional, técnico, comercial, fotografia / vídeo, além do turismo, sendo que nessa última edição, grande parte da exposição estava voltada para stands de destinos internacionais de mergulho.

No geral, as novidades dos grandes fabricantes foram poucas, e fica cada vez mais claro, um aumento na participação de empresas asiáticas em todas as áreas. Empresas da China, Japão e Coréia do Sul exibiram diversos equipamentos de mergulho, acessórios e objetos de decoração.

Na fotografia e vídeo, os asiáticos exibiam equipamentos com novos conceitos, sendo alguns deles bem interessantes e relacionados à macrofotografia.

No geral, houve um crescimento em itens de iluminação. Diversos fabricantes exibiram novos modelos de lanternas em Led com as mais variadas potências, tipos e ajustes.

Encontramos vários fabricantes oferecendo equipamentos para a localização do mergulhador embaixo d’água.

Outro aspecto notado, é que uma parte dos fabricantes está se preocupando com as dimensões e peso dos equipamentos de mergulho, demonstrando que há uma tendência para a diminuição de tamanho e pesos do material atualmente fabricado.

Galeria de Imagens – Clique na imagem abaixo

DEMA 2017 – Fotos: Clécio Mayrink / Google Photos

Por:

Clecio Mayrink
Editor - Brasil Mergulho

Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em apneia em 1983, no autônomo em 1986 e Dive Master em 1990. Hoje é mergulhador Técnico Trimix, Technical Cave Diver e Advanced Cave Side Mount / No Mount.

Foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS, em 2008, é o idealizador do site Brasil Mergulho em 1998 (MTB 0081769/SP) e atuou em diversas matérias e documentários no Brasil e no exterior. Também prestou consultoria para a ONU, UNESCO e diversos órgãos públicos no Brasil.