Encontrando furos na Roupa Seca

Aqueles que usam roupa seca, ao passarem por locais estreitos como naufrágios e cavernas, muitas vezes acabam se descuidando e deixam sua roupa seca tocar em alguma parte cortante e pontiaguda, surgindo posteriormente a dúvida, se naquele ponto ou em algum outro da roupa, acabou havendo uma perfuração.

Outro ponto importante, é que utilizar uma roupa seca não quer dizer a garantirá de um retorno do mergulho 100% seco. Ela fará sim, o isolamento do seu corpo da água, contudo, se durante o mergulho houverem alguns movimentos bruscos, ela pode deixar entrar um pouquinho d’água para o interior. Em função disso, algumas vezes pode ficar a dúvida se houve ou não uma perfuração na roupa.

Roupa-Seca1Como saber se há furos ?

Uma alternativa é fazer o teste da espuma na roupa, e verificar se aparecerão bolhas de espuma em um determinado ponto.

Procedimentos:

Roupa-Seca21 – Coloque a roupa e encha a mesma com a válvula de purga fechada.

2 – Uma pessoa precisará passar o sabão neutro na área onde possivelmente haja a perfuração.

3 – Com a espuma utilizada para passar o sabão, pressione a Roupa-Seca3mesma onde haja a possibilidade de perfuração na roupa, e verifique de estão saindo bolhas de sabão no local. Se houverem, significa que neste ponto o ar está saindo do interior da roupa seca devido furo.

4 – Grave o local da perfuração e lave a roupa para retirar o sabão.

Outro tipo de teste, é mergulhar e pedir à um amigo para que verifique se estão saindo bolhas de ar de algum ponto da roupa. Não é tão eficiente quanto ao método da espuma, mas pode ser feito antes do procedimento acima, em função da facilidade.

Clecio Mayrink

Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em 1987 pela CMAS e realizou Dive Master em 1990 pela PADI. Hoje é mergulhador Técnico Trimix (Mergulho Profundo) e de cavernas (Technical Cave Diver e Advanced Cave Side Mount / No Mount).

Foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS em 2008, idealizador do site Brasil Mergulho em 1998 (MTB 0081769/SP) e atuou como consultor para a ONU, UNESCO, Segurança Pública, além de diversos órgãos públicos no Brasil.