Entrevista: Alvanir S. Oliveira

O que o levou a ingressar no mergulho e porque escolheu a NAUI ?
Creio que como a maioria das pessoas que se tornaram instrutores, o gosto pelo mar foi o principal motivo. Depois de um tempo como mergulhador recreativo, percebi que e instrução era algo que me faria muito bem. Após algumas pesquisas sobre as certificadoras, conheci um pouco mais sobre a NAUI e optei por ela. Os seus valores únicos como a preocupação com a qualidade e não quantidade, sua forma democrática de escolha dos diretores mundiais e sua grande presença nos meios acadêmicos, militares e científicos do mundo todo, foram os grandes diferenciais que influenciaram na minha escolha. Acredito muito na NAUI, sua história e sua filosofia, e que os instrutores são influenciados sim pelas certificadoras. Boas certificadoras sempre colocam a segurança em primeiro lugar.

Quando a NAUI nasceu nos Estados Unidos e quantos mergulhadores ela já formou em todo o mundo ?
A NAUI Surgiu em 1959, em Houston no Texas, quando as grandes cabeças pensantes do mergulho daquela época se reuniram e montaram o primeiro curso de formação de Instrutores Internacional da história. Ali nasceu a National Association of Underwaters Instructors, uma entidade sem fins lucrativos, que tinha como principal objetivo ensinar o mergulho com segurança, filosofia que até hoje norteia os instrutores da certificadora. Já são quase 50.000 líderes de mergulho formados desde sua fundação. Muitas das regras de segurança e padrões são aceitos e usados por outras certificadoras. Muitas das certificadoras atuais também saíram da NAUI, com seus fundadores vislumbrando uma possibilidade e montando seus próprios negócios. Atualmente a NAUI é a segunda maior certificadora do mundo, com cerca de 26% da formação de mergulhadores em todo o globo.

Quem sãos membros representantes da NAUI Brasil hoje ?
A NAUI World Wide é representada aqui no Brasil pela NAUI Service Center Brasil, que tem seu escritório sede em São Paulo na Avenida Angélica. Os atuais Diretores são Alvanir S. Oliveira (Jornada) e Régis Ianarelli. Temos alguns courses directors de grande peso como Dr. Márcio Monteiro, Rafael de Nicola, André Lima, Carlos Trujillo, Mário de Castro  que sempre colaboram com suas idéias.

Há quanto tempo a NAUI está no Brasil e que benefícios ela trouxe aos mergulhadores ?
A NAUI chegou por aqui no final de 1996. Teve um início muito forte mas passou por uma baixa temporada até 2005, quando algumas reestruturações aconteceram e começou recentemente uma nova fase com uma nova diretoria. A filosofia de “Segurança no Mergulho através do Ensino”, tem proporcionado uma grande melhora na formação de novos mergulhadores recreativos. A reintrodução da NAUI TEC este ano, também deve contribuir bastante para o ensino do mergulho técnico, com padrões validados internacionalmente e tidos como dos mais seguros e completos.

Que pontos você destacaria sobre a NAUI, comparando-a com as demais certificadoras presentes no Brasil ?
Como disse no início da entrevista, a NAUI é única em alguns conceitos, como a forma democrática de escolher seus líderes mundiais e a sua filosofia de Segurança Através do Ensino. Por não ser uma empresa, o objetivo principal não é o lucro, e sim, ensinar o mergulho com segurança, fortalecendo a idéia de qualidade e não de quantidade.

NAUI BrasilA principal função do escritório da NAUI aqui no Brasil é dar as melhores condições possíveis para a compra dos materiais destinados aos instrutores, tornando viável o credenciamento dos novos mergulhadores com custos reduzidos. O Curso de Formação de Instrutores é notadamente muito exigente se comparado com o de outras certificadoras, proporcionando assim a formação de novos instrutores diferenciados e extremamente comprometidos com a qualidade na formação dos novos mergulhadores, quer sejam no nível recreativo, quer sejam no nível técnico.

Hoje também podemos cuidar de toda a formação dos Course Directors, sem necessidade de um avaliador de outro país. Inclusive, em breve iniciaremos o processo de formação de novos Course Directors para expansão em nosso país.

Atualmente existem quantos mergulhadores e instrutores formados pela NAUI Brasil ?
Temos um bom número de mergulhadores já formados aqui no Brasil, mas com certeza este número deve crescer muito devido às reestruturações na NAUI Brasil, que já estão em fase final. A NAUI Brasil já formou cerca 350 instrutores desde sua chegada em 1997.

E centros de mergulho ?
Cerca de 40 centros de Mergulho.

Com relação à tabela RGBM da NAUI, quais são as principais diferenças entre as demais ?
Ela foi desenvolvida originalmente para o NEST (Nuclear Emergency Strategy Team) para ser utilizado em intervenções militares, logo de início viu-se a possibilidade de emprego de forma simplificada do modelo para aplicações não militares e foi aí que a NAUI deu o grande salto em direção ao futuro, desenvolvendo, aperfeiçoando e permitindo a qualquer um, o acesso à tecnologia de ponta que anteriormente tinha uso restrito a um seleto grupo de militares.

O Dr. Bruce Winkie, chefe do Laboratório de Energia Atômica de Los Alamos EUA (o mesmo que desenvolveu a primeira bomba atômica) é diretor da NAUI e foi o principal responsável pelo desenvolvimento do modelo matemático RGBM.

De uma maneira bem simplificada, a  principal característica do modelo RGBM é que ele considera o tamanho das bolhas e como eliminá-las de forma rápida e segura. A grande maioria dos modelos descompressivos tem seu foco na tensão e no gradiente de pressão do gás inerte, dissolvido em um determinado grupo de tecidos e a pressão ambiente.

O modelo RGBM também considera a eliminação gás em toda sua forma, livre ou gasosa, enquanto outros modelos consideram apenas a forma gasosa, o que, do ponto de vista fisiológico, é muito mais agressivo. No modelo RGBM as paradas descompressivas começam muito mais fundo, reduzindo sensivelmente as possibilidades de mal descompressivo.

Hoje computadores das marcas Suunto e Mares usam o já consagrado modelo matemático do Dr. Bruce Winkie.

Nos cursos de mergulho técnico, vocês chegam a fazer algum aprofundamento sobre a tabela RGBM ?
Sim. Este é um dos principais diferenciais dos cursos NAUI TEC das demais certificadoras. Existe um manual com a maioria das tabelas RGBM, usado em todos os cursos técnicos NAUI.

Alvanir Oliveira, também conhecido como Jornada, é formado em Administração de Empresa e pós-graduado em Disciplina Sociedade Cultura e Ambiente / Arqueologia Subaquática, Disciplina Ecologia Humana / Arqueologia Marítima e Arqueologia Pública. É um dos responsáveis pela NAUI no Brasil, proprietário da escola Jornada Sub Mergulho e instrutor de mergulho técnico em várias especialidades.

Redação

Se você possui mais informações sobre o assunto acima, entre em contato com a nossa equipe e ajude a tornar este site ainda mais completo. Isso ajudará os mergulhadores e todos aqueles que estiverem buscando por mais informações.