Entrevista: Ricardo Bahia

Quando você se interessou pelo Mergulho Livre ?
Foi em Búzios, quando eu tinha uns 11 anos e coloquei pela primeira vez o rosto na água com máscara e snorkel. Fiquei tão fascinado que decidi naquele mesmo dia que o mergulho iria fazer parte da minha vida. Hoje me sinto realizado por ter me tornado biólogo marinho e atleta de apneia.

Foto: Fabio Freitas
Foto: Fabio Freitas

Você teve dificuldades no início?
Sim. Eu não tinha piscina para treinar e fazia a maior parte dos meus treinos fora da água. Acabei me especializando em apneia estática e treinava muito na cama antes de conseguir o apoio de uma escola de natação (Estilo) que me deu acesso a sua piscina.

Além disso, tinha uma rotina cansativa, pois dividia a dedicação aos treinos com a faculdade e estágio em biologia. A piscina era longe e, durante muito tempo, andei pra cima e pra baixo carregando os equipamentos de mergulho em ônibus lotados.

Lembro de diversas vezes sair do treino quase meia-noite carregando os equipamentos a tiracolo por longas distâncias, roxo de fome e sem nada no bolso pra fazer um lanche na rua. Apesar de tudo, algo dentro de mim sabia que aquele esforço não seria em vão e que não tardaria para eu atingir os objetivos / recordes que eu tanto almejava.

Que recordes você conquistou ?
Consegui quebrar todos os recordes brasileiros das modalidades disputadas em competição, um recorde pan-americano e um recorde mundial reconhecido pelo Guinness Book. São eles:

Mundial de Apneia Estática com O2 puro 20’21” Guinness (Rio de Janeiro, 2010)
Pan-Americano de Apneia Estática 7’44” AIDA (Florianópolis, 2006)
Brasileiro de Apneia Dinâmica Com Nadadeiras 166m AIDA (Dinamarca, 2009)
Brasileiro de Apneia Dinâmica Sem Nadadeiras 127m AIDA (Dinamarca, 2009)
Brasileiro de Lastro Constante com Nadadeiras 56m AIDA (Egito, 2008)
Brasileiro de Imersão Livre -55m AIDA (Niquelândia, 2007)
Brasileiro de Lastro Constante Sem Nadadeiras -50m AIDA (Bonaire, 2011)

 

Como foi o seu recorde na categoria apneia com ventilação com oxigênio 100% ?
Essa categoria é reconhecida apenas pelo Guinness como: “Maior tempo sem respirar voluntariamente”.

Aos 8 anos de idade, recebi o último presente de aniversário de meu pai antes dele falecer por complicações resultantes de uma longa vida como fumante. Curiosamente, este presente foi o livro Guinness, pois ele sabia que eu me interessava por recordes. Desde então, um dos meus maiores sonhos sempre foi conseguir bater um recorde mundial e entrar para o Guinness. Este recorde pra mim, portanto, teve um significado de uma vida inteira.

No final da tentativa / performance, senti que estava bastante intoxicado de CO2 e chegando próximo de um terreno nunca antes vislumbrado. Sabia que eu poderia ter uma síncope (desmaio) ou algo mais grave a qualquer momento por ousar ultrapassar os limites humanos, mas estava determinado a superar todas as barreiras e todos os meus medos, pois eu sabia que era capaz de aguentar um pouco mais e chegar lá onde tanto sonhei.

Hoje percebo que acreditar no seu próprio potencial é um dos fatores mais importantes para qualquer grande realização.

Você ministra cursos de Mergulho em Apneia ? Como são esses cursos ?
Ofereço em média uma vez por mês no Rio de Janeiro, na Escola de Mergulho Brazil Divers do amigo e instrutor de mergulho, Paulo de Tharso.

O curso é dividido em três dias de aulas teóricas e práticas em piscina e mais um dia de treinamentos no mar. Nele, procuro transmitir aos alunos as principais técnicas e treinamentos para desenvolver o fôlego e o mergulho livre com segurança. É uma grande satisfação ver que a maioria dos alunos consegue melhorar seu rendimento significativamente após o curso.

Foto: JP Cauduro
Foto: JP Cauduro

Quais são os requerimentos básicos para que uma pessoa possa ingressar no mergulho em apneia ?
Gozar de boa saúde, saber nadar (o suficiente para não se afogar) e conhecer as regras de segurança do esporte, sendo a principal delas, a de jamais praticar apneia sozinho.

Quanto tempo dura em média os cursos ?
O meu curso tem uma carga horária de 15h divididas em teoria e práticas em piscina e no mar.

Quanto tempo de treinamento em mergulho de apneia, você acredita que seja
necessário, para que um praticante possa participar de alguma competição ?
Em muitas competições, não há pré-requisito de performance mínima e qualquer atleta que desejar pode se inscrever. Assim como ocorre nas corridas de rua e maratonas, onde muita gente se inscreve sabendo que não irá vencer dos quenianos, muitos atletas se inscrevem em competições de apneia sem o intuito de ganhar a prova, mas com o objetivo maior de superar a si mesmo.

Se o desejo for quebrar um recorde mundial, é possível conseguir o feito num curto prazo de tempo. Há vários casos de atletas que conseguiram bater recordes após apenas um ou dois anos do ingresso no mergulho livre desportivo.

Como interessados nos cursos podem entrar em contato para obter mais detalhes ?
Interessados podem entrar diretamente em contato comigo através do e-mail: ricardo.bahia@gmail.com

Redação

Se você possui mais informações sobre o assunto acima, entre em contato com a nossa equipe e ajude a tornar este site ainda mais completo. Isso ajudará os mergulhadores e todos aqueles que estiverem buscando por mais informações.