Entrevista: Rodrigo Lacerda

Recentemente uma conhecida revista, publicou um artigo referente ao naufrágio Gonçalo Coelho, naufragado na costa de Serrambi, no Estado de Pernambuco.

O autor menciona que o naufrágio envolvia um misto de acontecimentos e mistério com relação ao seu posicionamento, e que inclusive, a marca da localização do mesmo fora descoberta e divulgada pelo mesmo, o que os profissionais do mercado sabem não ser esta a verdade.

Após alguns questionamentos em conhecidos fóruns de mergulho e e-mail´s enviados à nós, como uma forma de resposta e esclarecimento quanto ao assunto, viemos até o senhor para obter detalhes sobre os fatos que envolvem o naufrágio.

Sabemos que somente a sua operadora de mergulho levava os mergulhadores no naufrágio Gonçalo Coelho.

Porque o posicionamento do naufrágio Gonçalo Coelho não era divulgado entre os mergulhadores ?
Não faz parte da nossa política divulgar nossos pontos de mergulho, sejam eles recifes ou naufrágios.

Sabemos que os pescadores na região são bastante atuantes. Um acordo entre eles seria realmente algo impossível ?
Nunca tivemos nenhum tipo de problema com pescadores profissionais da nossa região, sempre houve diálogo e respeito mútuo entre as colônias da região. O Hotel e nossa operadora, teve sim, alguns problemas com caçadores de cilindro no rebocador Marte, onde as medidas legais cabíveis foram tomadas.

Alguma vez um mergulhador fora proibido de mergulhar no Gonçalo Coelho ?
Não, ninguém nunca foi proibido de mergulhar no Gonçalo Coelho.

Você se arrepende de não divulgar as marcas dos naufrágios Gonçalo Coelho e Marte ?
Não, assim também como não me arrependo de divulgar a marca do Galeão, da Pedra do Xaréu, da Laje de Tamandaré, da Pedra da Caranha, da Balsa Farol da Ilha de Santo Aleixo, e não divulgaremos a marca do próximo naufrágio também. Os peixes desses pontos de mergulho agradecem.

Você foi contatado por algum especialista em naufrágios ?
Pessoalmente não, apenas por terceiros. Soube que o autor em questão tentou contato através de um grande amigo e ex-funcionário, depois, através de outras pessoal influentes do mergulho que já haviam mergulhado conosco no Gonçalo Coelho, e todos obtiveram a mesma resposta, que seriam muito bem vindos para mergulhar conosco, mas que não fazia parte da nossa política divulgar nossos pontos de mergulhos, inclusive, todos que nos procuraram, mergulharam em todos os nossos naufrágios por diversas oportunidades, assim como o próprio autor desse artigo infeliz em 2002, mergulhando no Marte e no Galeão, sendo muito bem recebido, e ainda recebeu várias informações sobre o Gonçalo Coelho, bem como uma foto do navio antes de afundar.

Chegou a fotografar o telégrafo, e essas fotos estão no site dele. Não mergulhou no Gonçalo por falta de tempo, pois foi uma passagem muito rápida.

Na sua visão, o que diria à respeito do artigo publicado por este autor em que se auto intitula como sendo o responsável pela descoberta do Gonçalo Coelho ?
Diria que ele foi infeliz em diversas oportunidades, primeiro o Gonçalo é um LSM e não um LST como o mesmo informou.

Segundo que a data do afundamento foi em 1999 e não 2000 como ele declara na ilustração. Quem  achou primeiro o Gonçalo Coelho foi o Michel, da Aicá Diving em Porto de Galinhas, nosso vizinho e que nunca sofreu nenhuma agressão ou ameaça por isso.

O autor tenta acirrar a rixa entre sudeste e nordeste, falando que estamos espalhando por aí que um “bando de cariocas” divulgou a marca na internet, só se ele for “um bando” !

Meu pai e metade da nossa família são cariocas.

Não entendo o porquê dessas declarações se ele mergulhou conosco em 2002 e afirma que foi o descobridor do Gonçalo Coelho em 2007. Estamos em 2010, nem eu nem meu pai o conhecemos pessoalmente, sendo uma lástima que uma tão conceituada revista tenha uma pessoa tão despreparada e mal intencionada como um dos seus colunistas.

Redação
Se você possui mais informações sobre o assunto acima, entre em contato com a nossa equipe e ajude a tornar este site ainda mais completo. Isso ajudará os mergulhadores e todos aqueles que estiverem buscando por mais informações.