Faca Poiter – Fun Dive

Foto: Clécio Mayrink

Acredito que a grande maioria dos mergulhadores recreacionais não leva consigo, uma faca ou uma faca de corte rápido, o que é lamentável, pois por menor que seja, uma faca sempre terá sua funcionalidade em algum mergulho que requeira uma ação de segurança pelo mergulhador.

Faca-Pointer-Fundive1Apesar de pequena, a nova faca Pointer, distribuída pela Fun Dive, traz funcionalidades de grandes facas, atendendo aos recreacionais e aos técnicos.

Ela possui uma bainha em cordura bem resistente, lâmina em inox com 6cm de inox comprimento revestida com teflon, e com 2 lados diferenciados, sendo um para corte fino e o outro para o corte de objetos mais rígidos. Na parte central da lâmina, há um quebra espinho, que pode ser utilizado para objetos pontiagudos.

Aos recreacionais, ela poderá ser levada facilmente no bolso do colete, sem a preocupação de um furo no mesmo, pois a bainha desta faca é extremamente grossa, não permitindo um corte acidental durante o mergulho.

Nossa equipe testou a faca Pointer em um mergulho descompressivo aos 60m, onde ela foi facilmente removida e recolocada na bainha sem o menor problema, e face à qualidade e facilidade quanto ao uso, é uma boa indicação aos mergulhadores técnicos.

Realizamos alguns mergulhos em água salgada, e realmente a qualidade do inox utilizado na fabricação desta faca é excelente, pois em nenhum momento, ela apresentou sinais de ferrugem.

Faca-Pointer-Fundive3O custo deste modelo é baixo e comprovadamente, terá grande durabilidade.

Mais informações sobre este produto, podem ser obtidas diretamente no site da Fun Dive, através do endereço www.fundive.com.br

Clecio Mayrink
Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em apneia em 1983, no autônomo em 1986 pela CMAS e Dive Master em 1990 pela PADI. Hoje é mergulhador Técnico Trimix, Technical Cave Diver e Advanced Cave Side Mount / No Mount pela IANTD. Foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS em 2008, idealizador do site Brasil Mergulho em 1998 (MTB 0081769/SP), atuando em diversas matérias e documentários no Brasil e no exterior. Também atuou como consultor para a ONU, UNESCO, além de diversos órgãos públicos no Brasil.