GoPro HD – A câmera do momento… e dos mergulhadores !

A tecnologia realmente me impressiona a cada dia, e o que era complicado e caro de fazer a 10 anos, hoje as coisas estão bem mais fáceis.

Antigamente ter uma simples câmera de vídeo era difícil, em razão da necessidade da caixa estanque e o custo de uma câmera de vídeo. Atualmente encontramos no mercado uma série de câmeras à prova d´água, e agora, uma câmera que é um excelente exemplo do que a tecnologia irá nos trazer para os próximos 10 anos. É claro que tudo tem seus prós e contras, mas conforme a necessidade, o mergulhador poder ter um equipamento mais apropriado às suas condições de uso e gastos.

Comparativo
Comparativo

Hoje um bom exemplo de câmera, é a GoPro HD, que apesar do seu minúsculo tamanho, produz imagens Full HD e tira fotos com 5 megapixels, permitindo a captura de imagens em ângulos raramente vistos.

O fabricante da GoPro HD desenvolveu essa câmera, para que ela pudesse ser utilizada em locais onde não fosse possível utilizar uma câmera comum.

Essa “criança” possui um compartimento estanque fabricada em policarbonato e aço inox, que possibilita seu uso pelo mergulhador até os 60m de profundidade.

Dotada de uma lente grande angular, a cobertura dela chega aos 170 graus de abertura, e 127 quando utilizada no modo Full HD. Por falar nisso, ela grava as imagens em um simples cartão SD, atuando com um sensor 1/2.5 CMOS com lux de 1.4. O vídeo é gerado em MPEG 4 com compactação H.264, além do white balance automático.

A bateria utilizada é de Lithium recarregável e com duração média de 2:30h, podendo ser recarregada via USB ou por um carregador de tomada.

Quanto a foto, ela pode simplesmente tirar uma foto, ou quando configurada, tirar fotos automaticamente a cada 2, 5, 10 e 30 segundos. Ou ainda, programá-la para tirar a foto sozinha ou em um disparo com 3 fotos sequenciadas.

Nos Estados Unidos, um kit completo sai em torno dos U$ 270. Digo kit, pois o fabricante comercializa a GoPro HD em três versões de kits. Esses kits são compostos de acessórios para a fixação da câmera, conforme a necessidade do consumidor. Você pode fixá-la em uma prancha de surf, em um carro, skate, capacete de um paraquedista e coisas do tipo, além é claro, do uso em mergulho.

Há uma gama de acessórios disponíveis para ela, que possibilitam uma infinidade de formas em captação de imagens. Olhando rapidamente no You Tube, você encontrará diversos vídeos produzidos por ela, dando um bom exemplo da capacidade dessa pequena câmera.

Qual a vantagem principal dessa câmera ?

Preço, qualidade e tamanho.

Mas como disse anteriormente, tudo na vida, há prós e contras…

Devido ao seu tamanho reduzido, filmar com a GoPro HD em mãos, não é tão fácil. A imagem acaba tendo umas “tremidas” em função dela não possui um sistema de estabilização de imagem por hardware ou software, e se o usuário pretende usá-la na maior parte do tempo filmando com as mãos, não é um produto recomendável.

Outro detalhe importante é quanto a imagem produzida. Ela é muito boa, seus frames gerados na qualidade máxima alcançam os 1920×1080, o que muitos chamam de Full HD. A nomenclatura está correta, mas uma coisa que muitos fabricantes não contam e realmente enganam seus clientes, é que existe um detalhe chamado “tamanho e qualidade do sensor de captação de imagens”. Esse é o principal detalhe e que realmente faz a diferença na imagem.

No caso da GoPro HD, ela possui um sensor 1/2.5, distante dos sensores das câmeras profissionais, também conhecidas como Prosumer, mas não podemos negar, que ela traz diferenciais quanto a captação de imagens.

Testando o equipamento

Fomos até a Laje de Santos durante o período das arraias mantas para tentar captar algumas imagens.

A GoPro funcionou bem durante o mergulho, se comportando como um equipamento bem prático em função do seu tamanho e peso, no entanto, a qualidade do vídeo embaixo d´água não foi das melhores, pois as imagens não estavam tão claras quanto as captadas ao ar livre.

Contatamos o fabricante e o mesmo nos indicou um comunicado no site, informando que foi verificado que a imagem captada pela GoPro embaixo d´água não estava das melhores, e isso ocorre devido ao domo angular, e para resolver o problema, o fabricante informa que no futuro, eles pretendem desenvolver uma lente corretiva mas não há previsão de quando isso será feito. A solução hoje, é usar a lente reta (flat) desenvolvida por um fabricante de equipamentos europeu. Clique aqui e veja mais detalhes.

Já as imagens captadas na superfície, realmente são surpreendentes e de excelente qualidade, e nos resta aguardar o lançamento desse novo domo em vidro para efetuar os testes, pois ele é facilmente trocado pelo usuário.

GoPro1

Durante a operação, um casal de mergulhadores que já haviam testando a GoPro em excelente qualidade de água, passou a dica para gravar embaixo d´água com a qualidade 720p ao invés de 1080p, pois a imagem iria melhorar muito. Na ocasião não conseguimos fazer o teste da câmera com essa qualidade, mas por enquanto, é uma possibilidade.

Um ponto que o usuário deve se atentar, é quanto a vedação do o-ring, pois o local pega poeira facilmente. Deve-se limpar bem o local de assento do o-ring para evitar a possibilidade de inundação do compartimento estanque.

Características técnicas

  • Bateria Lithium-Ion recarregável com 1100mAh – 2:30H de autonomia
  • 1 cabo de Vídeo Componente
  • 1 cabo de vídeo RCA
  • 1 cabo USB para transferência de dados e carregar a bateria
  • Foco: fixo – 60cm ao infinito
  • Sensor: 1/2.5″ HD CMOS – 2.2µm-sized pixels
  • Abertura: f/2.8
  • Garantia de 1 ano (menos se houver alagamento)

Vídeo

  • 1080p   = 1920×1080 pixels (16:9), 30 fps, 15 Mbit/s data rate
  • 960p     = 1280×960 pixels (4:3), 30 fps, 12 Mbit/s data rate
  • 720p     = 1280×720 pixels (16:9), 60 fps, 15 Mbit/s data rate
  • 720p     = 1280×720 pixels (16:9), 30 fps, 8 Mbit/s data rate
  • WVGA = 848×480 pixels (16:9), 60 fps, 8 Mbit/s data rate
  • Microfone embutido – Mono com controle automático de ganho
  • Formato de áudio: 48 Khz com compressão AAC
  • Ângulo de abertura: 170 graus e 127 no modo Full HD
  • Lux: 1.4
  • Controle de exposição: automático
  • White Balance: automático
  • Cartão: Aceita cartão SD Card com até 32Gb
  • Capacidade de gravação: Média de 4Gb por hora no modo Full HD

Foto

  • Resolução: 5 megapixels
  • Modos de captura: Single, a cada 2, 5, 10, 30 ou 60 seg, contagem regressiva ou ainda, 3 fotos sequenciadas.

Mais informações sobre o produto podem ser obtidas diretamente com o fabricante GoPro HD Camera, através do endereço www.goprocamera.com

Clecio Mayrink
Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em 1987 pela CMAS e realizou Dive Master em 1990 pela PADI. Hoje é mergulhador Técnico Trimix (Mergulho Profundo) e de cavernas (Technical Cave Diver e Advanced Cave Side Mount / No Mount). É juiz internacional de apneia pela AIDA e foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS em 2008. Foi o idealizador do site Brasil Mergulho criado em 1998 (MTB 0081769/SP), atuou como consultor para a ONU, UNESCO, além de diversos órgãos públicos no Brasil.