GoPro Session – Porque não é uma boa compra ?

Pouco tempo atrás uma amiga me perguntou se eu recomendaria a compra da câmera GoPro Session, e infelizmente tive que dizer que não recomendaria, e explico…

Pra quem não sabe, a GoPro Session foi o último lançamento de câmera da GoPro, que consiste em uma micro câmera em forma de um pequeno cubo preto, onde o marketing gira em torno do tamanho bastante reduzido do produto, mas na prática, ela tem algumas pegadinhas.

Minha impressão, é que a GoPro desejava comercializar uma das menores micro câmeras do mercado, tentando fincar essa bandeira, e no caso da GoPro Session, ela deixou a desejar em vários aspectos.

Para diminuir o tamanho dos componentes eletrônicos, é preciso investir muito em tecnologia e equipamentos para produzir esses componentes, e o grande problema é a relação Custo X Captação de Lucros.

O investimento é feito quando se tem muitos apontamentos para um retorno alto de lucro, e quando não se têm essa expectativa, algumas marcas optam por diminuir o tamanho do produto, porém, alterando para pior, as qualidades disponíveis de uma câmera similar.

Vamos aos pontos onde essa redução de qualidade ficou bem óbvia na GoPro Sessio:

Baixa resolução

Ela não grava em Full HD. Sua resolução máxima são 1440 pixels de captação com upscaling para 1920. Na prática, não é um Full HD real.

Bateria

Ela não permite que a bateria seja substituída pelo próprio usuário. Quando a bateria começar a dar problema, será preciso enviar a câmera ao fabricante para que eles possam realizar a troca, o que pode acabar não valer à pena,. Dizem por aí, que o que eles fazerm, é substituir a câmera por uma nova.

GoPro-Session1Microfone

Uma coisa que ninguém consegue entender, é porque não fabricam uma câmera com captação em estéreo. Todas as câmeras da GoPro captam em mono, qualidade ruim e depreciada, mas pelo menos, as demais câmeras da linha possuem entrada para microfone externo, a Session não.

Configuração

Com o seu tamanho reduzido, ela não permite configurações diretamente nela. É preciso ter um dispositivo como um celular para configurá-la ou comprar um controle remoto que custa quase metade do atual preço da câmera.

Manutenção

A manutenção da câmera é praticamente inviável, segundo a turma do iFixit, site especializado em manutenção de produtos eletrônicos, pois é praticamente impossível de abrir a câmera sem danificar sua caixa, recebendo a nota 1 pelo grupo. Resumindo, esqueça qualquer tipo de possibilidade de manutenção do produto.

Isso sugere que qualquer problema, é enviar para a fábrica e vão lhe cobrar o preço de uma nova.

Preço

Recentemente eles baixaram o preço da câmera em U$ 100, o que sugere que eles devem parar de fabricar o produto ou vão lançar um modelo novo. Ou ainda, tentando empurrar o restante do estoque. Alguns especialistas do mercado acreditam que a GoPro Session foi o primeiro fracasso da GoPro e há grandes chances deles não comercializarem mais este modelo.

Mergulho

Sua caixa estanque foi desenvolvida para ser usada até os 10m de profundidade, sendo muito pouco para aqueles que mergulham.

Conclusão

Diante de tantos pontos negativos, certamente não é uma câmera recomendável para mergulhadores, e com tantos modelos de câmeras disponíveis atualmente no mercado, vale à pena investir um pouco mais e adquirir um produto com melhores qualidades e opções de configurações.

Se você é mergulhador e está cogitando em comprar uma, não recomendaria essa compra.

Clecio Mayrink
Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em 1987 pela CMAS e realizou Dive Master em 1990 pela PADI. Hoje é mergulhador Técnico Trimix (Mergulho Profundo) e de cavernas (Technical Cave Diver e Advanced Cave Side Mount / No Mount). É juiz internacional de apneia pela AIDA e foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS em 2008. Produziu documentários sobre as Bahamas, Bonaire, Galápagos e Laje de Santos, visitando mais de 30 países. Foi o idealizador do site Brasil Mergulho criado em 1998 (MTB 0081769/SP), atuou como consultor para a ONU, UNESCO, além de diversos órgãos públicos no Brasil.