Ilha dos Búzios

Foto: Clécio Mayrink

Este arquipélago está situado a leste da Ilha de São Sebastião. É um dos três arquipélagos que compõem o município e o Parque Estadual de Ilhabela. É composto pela própria Ilha dos Búzios e Ilha Sumítica. A Ilha dos Búzios é habitada por uma comunidade de caiçaras tradicionais que vivem da pesca artesanal, da cultura de mandioca e bananas, logo é comum serem observadas no entorno do arquipélago, redes de espera, cercos e armadilhas de pesca, que devem preservadas por se tratar da cultura de subsistência dessa comunidade.

A recomendação aos mergulhadores é de se evitar o fundeio próximo a estes artefatos, mantendo-se afastados durante o mergulho, tanto pelo risco de se verem envolvidos pelas redes, bem como pela prática de mínimo impacto, não interferindo na cultura local.

Durante a navegação até o arquipélago, é comum a avistagem de grupos de golfinhos nariz-de-garrafa, baleias de Bryde e até Jubartes. Nas ilhas não há praias, seus entornos são formados por costões rochosos e reentrâncias chamadas de sacos, proporcionando variados perfis para os mergulhos. As profundidades nos pontos deste destino podem variar de 3 a 30 metros e a visibilidade varia muito em função das correntes e condições climáticas, alcançando 20 metros nos melhores dias.

Ao longo do ano, a temperatura média da água situa-se na casa dos 22ºC, podendo chegar aos 27ºC entre meados de janeiro até a chegada do outono, já no início do verão, ocasionalmente ocorre o fenômeno das termoclinas, correntes extremamente frias em determinada faixa da coluna d’água.

Pontos de Mergulho

Parcel da Mãe Joana

Condições de fundeio – Abrigo dos ventos de SW, S e SE. Costão rochoso formado por grandes pedras, tocas e fundo arenoso. Profundidade: 6 a 18 metros. GPS: 23º 47′ 52.40″ S / 45º 07′ 56.42″ W

Costão das Estátuas

Condições de fundeio – Abrigo dos ventos de SW, S e SE. Estátuas colocadas por operadores de mergulho dão nome ao ponto. Duas estátuas marcam a entrada da maior gruta, neste costão formado por grandes pedras, tocas e fundo arenoso. Profundidade: 4 a 15 metros. GPS: 23º 47′ 22.32″ S / 45º 08′ 23.22″ W

Parcel da Coroa

Condições de fundeio – Somente com mar muito calmo. Ponto afastado da costeira sujeito a correnteza. É uma formação rochosa em forma de coroa atraindo muita vida marinha. São frequentemente avistados grandes cardumes de passagem. A profundidade ideal para o mergulho situa-se entre 10 e 12 metros. Profundidade: 3 a 22 metros. GPS: 23º 47′ 14.64″ S / 45º 08′ 38.88″ W

Coroa

Condições de fundeio – Somente com mar muito calmo. Ponto afastado da costeira sujeito a correnteza. O que o diferencia do parcel é que este tem sua cota mais alta sempre emersa. É comum a avistagem de araias manteiga no fundo arenoso. No ponto mais central em profundidade aproximada de 3 metros, tem-se a impressão de se estar mergulhando em um aquário pela grande concentração de peixes. Profundidade: 3 a 20 metros. GPS: 23º 47′ 20.10″ S / 45º 08′ 44.58″ W

Parcel da Pedra Lisa

Condições de fundeio – Abrigo dos ventos de SW, S, SE e E. Local bastante abrigado ideal para principiantes. Fundo arenoso ao redor de um grande parcel, com muitas tocas e fendas, agregando bastante vida marinha. Profundidade: 4 a 15 metros. GPS: 23º 47′ 27.42″ S / 45º 08′ 43.86″ W

Costão do Aquário

Condições de fundeio – Somente com mar muito calmo. Ponto afastado da costeira sujeito a correnteza. Parcel formado por grandes pedras, com muitas tocas e fendas, o nome já sugere a presença abundante de peixes, além de tartarugas, e no fundo arenoso as raias-manteiga. Profundidade: 4 a 20 metros. GPS: 23º 47′ 45.54″ S / 45º 09′ 22.80″ W

Parcel da Ponta Oeste

Condições de fundeio – abrigo dos ventos de E. Ponto sujeito a correnteza. É um parcel que se estende da costeira até o fundo arenoso no sentido sudoeste. Formado por grandes pedras, presença de tartarugas. Profundidade: 4 a 30 metros.  GPS: 23º 48′ 07.45″ S / 45º 09′ 40.77″ W

Saco da Coruja

Condições de fundeio – Abrigo dos ventos de E. Costeira formada por grandes pedras de queda abrupta até o fundo arenoso, muitas tocas e passagens. Profundidade: 6 a 30 metros. GPS: 23º 48′ 17.34″ S / 45º 09′ 25.50″ W

Saco do Urubu

Condições de fundeio – Abrigo dos ventos de E. Grande parcel estendendo-se suavemente até o fundo arenoso. Profundidade: 6 a 23 metros. GPS: 23º 48′ 42.30″ S / 45º 09′ 07.33″ W

Ilha Sumítica

Condições de fundeio – Somente com mar muito calmo. Costeira formada por grandes pedras e tocas agregando muita vida marinha. Profundidade: 7 a 25 metros. GPS: 23º 49′ 37.00″ S / 45º 09′ 19.45″ W

Parcel da Sumítica

Condições de fundeio – somente com mar muito calmo.  Características – ponto afastado da costeira sujeito a correnteza parcel com diversidade de vida marinha. Cardumes de passagem são sempre avistados. Profundidade: 3 a 30 metros. GPS: 23º 49′ 20.06″ S / 45º 09′ 00.13″ W

Redação

Se você possui mais informações sobre o assunto acima, entre em contato com a nossa equipe e ajude a tornar este site ainda mais completo. Isso ajudará os mergulhadores e todos aqueles que estiverem buscando por mais informações.