Ilha Rapada

Foto: Google

Esta ilha está a 9 milhas da praia de Itaguá e localizada no Arquipélago das Couves, podendo ser alcançada em até 30 minutos com uma lancha rápida.

Com forma alongada, a ilha é coberta com vegetação em sua volta e possui um fundo com rochas e areia, além de grande quantidade de corais cérebro, frades, arraias, tartarugas e outros diversos tipos de peixes. Um dos melhores pontos na ilha, é a “Toca dos Pescadores”, ao lado de dentro da ilha (face noroeste). O local é abrigado e com águas calmas e poucas correntes, e é indicado para mergulhos noturnos.

 

Pontos de Mergulho

Trilha do Morcego

Condições de fundeio: abrigado dos ventos de E, SE e S. O mergulho inicia-se próximo a grande pedra emersa com uma costeira rochosa em declive até o fundo de areia aos 9 metros, neste local, restos de cabos de poitas transformam-se em habitat de cavalos-marinhos. Nadando no sentido nordeste, a profundidade vai diminuindo progressivamente até que no extremo da ilha transforma-se num parcel raso, onde dependendo das condições do mar poder haver formação de ondulação. Frades, cirurgiões e budiões são presenças constantes.

Uma curiosidade interessante é a criação de vieiras em dispositivos pendurados em bóias que dão um aspecto bem diferente ao local. Profundidade máxima 5 a 10m.

Pedra da Cachorra

Condições de fundeio: abrigado dos ventos de E e SE. É a ponta de uma grande laje composta por um parcelado mais raso a leste e por uma queda abrupta de profundidade a sudoeste formando um paredão rochoso. Abriga uma grande variedade de peixes entre eles, peixes pedras, frades, jaguareçás, corcorocas, budiões, papagaios e pescadas. Durante os meses de setembro e outubro pode ser observado um grande número de raias prego se acasalando. Profundidade máxima 3 a 18m.

Trilha do Pigmeu

Condições de fundeio: somente com mar muito calmo. Este é um dos poucos pontos deste destino, onde é possível ver os lindos peixes anjos pigmeus, eles são pequenos, coloridos e bastante curiosos fazendo a alegria dos fotógrafos sub. O mergulho inicia-se em uma parte bem abrigada de fundo rochoso e raso que pode ser explorada por mergulhadores de todos os níveis.

Seguindo a costeira, rumo sudoeste, a profundidade aumenta abruptamente. Aqui, grandes rochas no fundo arenoso formam um labirinto habitado por muitos cardumes exigindo habilidade em navegação subaquática e maior experiência devido à presença de correntes marinhas e refluxo. Profundidade máxima 12 aos 25m.

Características

Local: Litoral norte de São Paulo, costa de Ubatuba

GPS: 23° 25,457′ S / 44° 54,157′ W

Profundidade: 5 aos 14m

Visibilidade: 5 a 12m

Temperatura: 19º aos 27ºC

Redação
Se você possui mais informações sobre o assunto acima, entre em contato com a nossa equipe e ajude a tornar este site ainda mais completo. Isso ajudará os mergulhadores e todos aqueles que estiverem buscando por mais informações.