Mararosa

Também é conhecida como o lago azul, está localizada a 480Km de Brasília. O mergulho em Mararosa é realizado em uma antiga mina de ouro a céu aberto que foi inundada após ter seu lençol freático atingido durante uma perfuração.

A visibilidade da água pode chegar aos 20m, com temperatura variando entre os 25 aos 32°C e profundidades de até 65m.

Além dessas características, existe uma galeria com quase 80m na horizontal, a 48m de profundidade, sendo uma opção para mergulhadores com certificação em caverna.

Algum tempo atrás uma escola de Brasília afundou um Fusca, também chamado de “Lúcio”, para fazer parte da vida subaquática local, estando aos 35m de profundidade, sendo mais uma atração local.

Em Mararosa há duas pousadas familiares e simples (Pousada Tânia e Hotel Flávios), com uma boa estrutura para receber os visitantes.

Dados Técnicos

GPS: 13° 58,837′ S / 49° 16,387′ W – (WGS 84)

Altitude: 443.3 m

Local: Antiga mina de ouro inundada

Profundidade Máxima: 84m

Tipo de mergulho: Paredão com grande área de águas abertas, com mais ou menos 120 x 80m (Open Water).

Caverna: É uma caverna artificial e está aos 65m de profundidade, com 80m de comprimento.

Temperatura: entre 25º e 32ºC

Tipo de fundo: Flora aquática e sedimentos de minérios (lama).

Analise da água: 11/2000: Potável / Pesquisa CAESB

Tipo de água: Água doce
 

Croqui: José Mário Ventura
Croqui: José Mário Ventura