Mergulhadores e arqueologistas exploram lago inca no Peru

Mergulhadores se preparando para mergulhar no lago andino - Foto: Przemysław Trześniowski

Cientistas do Centro de Estudos Pré-Colombianos da Universidade de Varsóvia, na Polônia, exploraram lagos do Parque Nacional Peruano de Machu Picchu.

Os lagos remotos encontram-se nas proximidades do glaciar Salkantay, e são considerados profundos (20m), o que dificulta a execução dos mergulhos na região, pela altitude (+4.000m) e pela dificuldade do transporte dos equipamentos.

Dois lagos, Sotacocha e Yanacocha, estão localizados perto do caminho Inca, uma trilha que conecta a cidade histórica de Machu Picchu com outros assentamentos e templos.

Nos lagos os pesquisadores encontraram plataformas de pedra para cerimoniais.

“As ofertas de sacrifício provavelmente foram feitas a partir dessas plataformas durante os rituais”, disse o arqueólogo e mergulhador Maciej Sobczyk.

Membros da equipe, incluindo os arqueólogos subaquáticos Mateusz Popek e Przemyslaw Trześniowski, coletaram amostras dos sedimentos do lago e usaram equipamentos de sonar para criar mapas batimétricos.

Futuras expedições estão sendo planejadas para a busca de possíveis artefatos incas que tenham ficado no lago.

O projeto é realizado em parceria com o Departamento Regional do Ministério da Cultura em Cusco, Peru.

Redação
Se você possui mais informações sobre o assunto acima, entre em contato com a nossa equipe e ajude a tornar este site ainda mais completo. Isso ajudará os mergulhadores e todos aqueles que estiverem buscando por mais informações.