Montão de Trigo

Ilha Montão de Trigo ao fundo - Foto: Clécio Mayrink

Estando a 6 milhas de São Sebastião, a Ilha Montão de Trigo pode ser facilmente avistada do continente. Sua inconfundível topografia em forma de monte deu origem ao nome.

A ilha é habitada por umas dez famílias de pescadores e segundo dizem, eles não gostam muito que turistas desembarquem na ilha. A profundidade varia entre 3 a 20m, com diversos pontos de mergulho e com diferentes níveis. A visibilidade pode variar em função das condições do mar e época do ano, mas a média gira em torno dos 8 aos 12 m. A melhor época para mergulho é no verão, quando a temperatura da água é mais quente e a visibilidade melhora, mas o local permite bons mergulhos o ano todo.

O costão Sudoeste é bem abrigado e não possui correntes fortes. As profundidades vão dos 7 aos 20m. Outro ponto do costão Sudeste é a Ponta Negra, situada no lado oposto da ilha, e profundidade entre 18 a 20 m.

Fique atento as condições de mar e possíveis correntes ao redor da ilha, pois exige maiores cuidados e experiência.

Como chegar

Na Barra do Una, você encontrará embarcações que o levarão para o Montão. A região é servida pela rodovia Rio-Santos que pode ser alcançada pela Piaçaguera-Guarujá para quem vem pela Anchieta ou Imigrantes ou pela Moji-Bertioga. Para quem vem do litoral norte é só pegar a Rio-Santos no sentido São Sebastião – Bertioga.

Pontos de Mergulho

Portinho

Condições de fundeio: abrigado dos ventos de Sul

Situado na face norte, a apenas 6 milhas náuticas da costa, com águas abrigadas, fundo de areia e grandes pedras nos costões, neste ponto podem ser avistados, linguados, sargentinhos, donzelas e tartarugas, sendo bastante utilizado para checkouts das escolas de mergulho, porém é necessário mar calmo para se obter visibilidade satisfatória. Profundidade: 6 a 9 metros.

Costão do Sudoeste

Condições de fundeio: abrigado dos ventos de E e SE.

Sem dúvida o melhor ponto deste destino, local abrigado onde a atração é explorar as inúmeras grutas, salões, tocas e passagens formadas por grandes rochas junto ao costão, onde são avistados com frequência, salemas, cirurgiões, budiões, pargos, badejos, lagostas e pequenos crustáceos.

Profundidade: 7 a 18 metros. GPS: 23° 51′ 57″ S / 45° 46′ 58″ W

Ponta Negra

Condições de fundeio: somente com mar muito calmo. Situado no lado leste da ilha, este local é de fácil localização, pois tem como referência, uma enorme pedra negra cortada no sentido vertical, o fundo é composto de rochas e lajes, onde podem ser avistados salemas, sargentinhos, xereletes, budiões, e jaguareçás, deve-se ter atenção às correntes marinhas, sendo indicado para mergulhadores experientes.

Profundidade: 10 a 18 metros. GPS: 23° 51′ 18″ S / 45° 45′ 57″ W

Características

Local: Litoral norte de São Paulo, costa de São Sebastião

GPS: 23° 51,800′ S / 45° 46,770′ W

Profundidade: 3 a 20m

Visibilidade: 8 a 12m

Temperatura: 18ºC aos 26ºC

Redação

Se você possui mais informações sobre o assunto acima, entre em contato com a nossa equipe e ajude a tornar este site ainda mais completo. Isso ajudará os mergulhadores e todos aqueles que estiverem buscando por mais informações.