Nascente Azul: Uma linda atração em Bonito

Foto: Ruver Bandeira

A linda Nascente Azul é uma das mais novas e belas atrações do município de Bonito, no Mato Grosso do Sul. Nascida no ano de 2008 através de um projeto, somente iniciou as atividades para o ecoturismo a partir de 2012, após diversos estudos focados na preservação ambiental associada ao turismo sustentável.

No passado, a atual área de abrangência da Nascente Azul era na verdade uma zona de criação de gado e piscicultura, que por sua vez degradavam o espaço que ocupava. Hoje, há um cuidado com a natureza fazendo com que o turismo seja um forte aliado.

Esse grande complexo de ecoturismo é composto por quatro atrações que são: a flutuação, trilha em meio à vegetação nativa do Rio Bonito até a Nascente ou seu olho d’água, a Praia da Capela e mergulho com cilindro no Lago da Capela.

Sobre a Praia da Capela, existe um grande lago repleto de peixes, como os pacus e tambaquis. Nela são oferecidas algumas comodidades como, uma praia de água doce para banho, espreguiçadeiras, cascatas, redes para descanso, bar, um ótimo restaurante de comidas típicas e vestiários.

No que se refere ao mergulho com cilindro, este acontece no Lago da Capela, num cenário que proporciona a oportunidade ideal para a prática desse mergulho em meio a diversos cardumes. Essa atividade dura entre 40 a 60min, não sendo necessário experiência ou saber nadar, visto que existem monitores treinados.

A caminhada com destino ao olho d’água da Nascente Azul é realizada por uma trilha suspensa de madeira, permitindo sempre boa acessibilidade e uma bela interação com a natureza. Existem diversos pontos interessantes durante o percurso e dentre eles, se destaca uma linda cachoeira de tufas calcárias.

Também podem ser avistados alguns animais nativos como os tamanduás, um dos símbolos do cerrado e pantanal. Quatis, vários tipos de macacos, variedades de aves como gaviões, periquitos, araras, veados, tamanduás e mamíferos de grande porte como a anta por exemplo.

Foto: Ruver Bandeira

O Município de Bonito

Bonito fica situado no estado do Mato Grosso do Sul a aproximadamente 300 km da capital Campo Grande. Sendo a principal cidade turística da região da Serra da Bodoquena.

Considerado um polo do ecoturismo, suas principais atrações são as paisagens naturais, os mergulhos em rios de águas transparentes, cachoeiras, grutas, cavernas e dolinas.

Juntamente com Jardim, Guia Lopes da Laguna e Bodoquena, são municípios que integram o complexo turístico do Parque Nacional da Serra da Bodoquena, com área aproximada de 5 mil km², possuindo uma população relativamente pequena e estimada em aproximadamente 20 mil habitantes. Seu clima predominante é o tropical seco, com temperatura média na faixa dos 32°C, e com período chuvoso entre novembro e abril. O fuso horário é de 1 hora a menos em relação ao fuso horário oficial do país.

No tocante a vegetação de Bonito, o predomínio é de cerrado e de campos limpos em contato com áreas de pequenas florestas. Com o passar dos anos, esta vegetação natural vem sendo descaracterizada devido a ações humanas e cedendo lugar a agropecuária, ampliando o domínio da pastagem. Pertencente à Bacia Hidrográfica do Paraguai e do rio Miranda, seus principais rios tem origem em rochas calcárias, dando a transparência aos rios da região.

Foto: Ruver Bandeira

O Mergulho de flutuação

Embora se possa mergulhar com cilindro, é na verdade a flutuação no Rio Bonito com ponto de partida na chamada Nascente Azul (seu olho d’água), a principal atividade desse maravilhoso lugar. Para mergulhar é necessário primeiro passar em uma sala de equipamentos, onde os que irão realizar a flutuação possam receber o material básico, vestir roupas de neoprene 5mm juntamente de coletes salva-vidas, com o objetivo do mergulhador ou turista não encostar no fundo e não danificar o ambiente.

Seguindo a trilha as margens do Rio Bonito, pode-se contemplar algumas espécies de animais e de plantas nativas. A Nascente Azul em si é colorida como um aquário com os mais incríveis tons de azul e aproximadamente 6m de profundidade, onde é iniciada a flutuação e também o mergulho livre.

O olho d’água da Nascente Azul é certamente o ápice desse passeio, pois é neste local que observamos o fenômeno natural chamado de “espelhamento”, que faz com que a água passe a refletir um tom azul turquesa pouco visto fora da natureza, tornando o momento para aqueles que apreciam a foto subaquática uma verdadeira festa.

Algumas dicas

  • Ao chegar a Campo Grande-MS, alugue um carro, pois certamente será importante para o transporte entre as diversas atrações;
  • Não se esqueça de levar roupas confortáveis, claras e compridas para se proteger do sol intenso. Tênis ou botinhas, meias, toalha e roupas de banho;
  • O uso de um bom repelente principalmente durante o período chuvoso onde à quantidade de mosquitos aumenta é essencial. Procure andar sempre bem hidratado, e se possível, levar sempre consigo uma garra de água;
  • Existem na área central de Bonito diversas lojinhas de souvenires, artigos artesanais, roupas, bares e restaurantes para os mais diversos gostos.
Foto: Ruver Bandeira

A Nascente Azul fica localizada na Rodovia Bonito Bodoquena, km 22.

Telefone: (67) 3255-2297

www.nascenteazul.com.br

Ruver Bandeira
Natural de Fortaleza-CE, é graduado em Geografia, Especialista em Educação, Gestão Escolar, e já participou como facilitador de cursos em educação ambiental. Além de fotógrafo subaquático, é Rescue Dive pela PADI, e iniciou sua paixão pelo mergulho e fotografia no ano de 1998, após uma viagem realizada ao arquipélago de Fernando de Noronha. Já escreveu diversos artigos para publicações especializadas em mergulho, registrando suas viagens com o objetivo de mostrar as belezas naturais como a importância da preservação.