Naufrágio encontrado no Mar Negro é “mais antigo do mundo e intacto”

Um naufrágio com 23m de comprimento foi encontrado no Mar Negro por uma equipe búlgara e está sendo considerado oficialmente, como sendo o naufrágio intacto mais antigo do mundo.

Os pesquisadores ficaram surpresos ao descobrir que o navio mercante se assemelhava ao design de um navio que decorava antigos vasos de vinho gregos. O leme, bancos de remo e até mesmo o conteúdo de seu porão permanecem intactos.

“É como um outro mundo”, disse Helen Farr, da expedição à BBC.

Esse pequeno navio era utilizado comercialmente e foi fabricado por volta do ano 400 antes de Cristo, permanecendo em boa condição até os dias atuais, porque a água é anóxica, livre de oxigênio. O naufrágio encontra-se a mais de 2.000m abaixo da superfície e foi necessário usar dois ROV’s para mapear e gerar imagens em 3D do navio, que permitiram também, uma amostra para a datação por carbono.

O navio é possui o estilo representado pelo chamado “Siren Painter”, no Siren que está presente no museu britânico de Londres.

Até o momento a carga do navio permanece desconhecida, mas a equipe afirma que eles precisam de mais financiamentos para retornar ao local e confirmar o que há dentro da embarcação. “Normalmente encontramos ânforas (vasos de vinho) e é o que devemos encontrar por lá”, disse o Dr. Farr.

Ao longo de três anos, a expedição acadêmica encontrou 67 naufrágios, incluindo navios mercantes romanos e uma frota de comércio russa do século XVII.