Oceanário de Lisboa

Foto: Clécio Mayrink

Sempre achei que os grandes aquários públicos, podem ser um bom exemplo de preservação ambiental, mostrando o que nossos mares escondem de tão belo em suas águas.

É perceptível no rosto dos visitantes, o vislumbre ao assistir os seres marinhos nadando no imenso aquário de água salgada, e dialogando com seus filhos sobre os seres marinhos ali presentes.

As crianças ficam fascinadas com tantos seres nadando à sua frente, e nesse instante é que o conceito de preservação ambiental pode ser cultivado nas crianças.

Recentemente tive a oportunidade de conhecer outro grande aquário reconhecido mundialmente, o Oceanário de Lisboa, em Portugal, que é um dos grandes exemplos de aquários muito bem administrado e aberto ao público.

Aliás, o Oceanário de Lisboa ganhou recentemente, uma premiação como sendo o aquário público mais votado e pelo reconhecimento nas pesquisas realizadas pelos profissionais que ali trabalham, trazendo mais conhecimento técnico a todos.

Ele possui um imenso aquário de água salgada, onde podemos apreciar diversas espécies de tubarões, peixes e arraias mantas, além de diversos outros aquários com dimensões reduzidas, onde encontramos outros tipos de seres marinhos de diversos cantos do planeta. Existem alguns aquários de água doce onde é possível conhecer alguns tipos de plantas aquáticas e seu formato embaixo d´água.

No Oceanário também são realizadas diversas palestras com temas variados, apresentações e treinamentos para todo o tipo de público. É estar atento a programação e participar, para quem estiver visitando a cidade.

O local é aberto todos os dias e através do site, o visitante pode adquirir os tickets de entrada com desconto.

O endereço do site do oceanário é www.oceanario.pt

Clecio Mayrink

Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em 1987 pela CMAS e realizou Dive Master em 1990 pela PADI. Hoje é mergulhador Técnico Trimix (Mergulho Profundo) e de cavernas (Technical Cave Diver e Advanced Cave Side Mount / No Mount).

Foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS em 2008, idealizador do site Brasil Mergulho em 1998 (MTB 0081769/SP) e atuou como consultor para a ONU, UNESCO, Segurança Pública, além de diversos órgãos públicos no Brasil.