Peixe-leão é encontrado aos 102m de profundidade

Foto: Clécio Mayrink

O mergulhador Drew McArthur, que normalmente mergulha com seu rebreather em grandes profundidades, registrou recentemente a presença do peixe-leão nos 102m.

Segundo McArthur, com os mergulhadores vendo menos peixes-leão nos recifes, alguns teorizaram que as espécies invasoras podem estar se tornando mais abundantes em águas mais profundas, mas segundo McArthur, não é isso o que ele anda vendo lá embaixo.

“O peixe-leão prefere ficar em profundidades mais rasas, entre 18 e 30m, e a quantidade deles em profundidades maiores é bem menor.”

Ainda segundo McArthur, a vantagem de encontrá-los em profundidades mais altas, é que que eles nunca viram mergulhadores antes, acaba sendo mais fácil capturá-los.