Pelican para iPhone e iPad – Proteção nunca é demais

Pelican para iPhone

Hoje com o avanço da tecnologia, é muito comum ver gente usando iPhone e até iPad para passar o tempo, durante as saídas de mergulho, principalmente quando a navegação não é rápida.

De fato, os dois aparelhos são a alegria de muitos mergulhadores, que como eu, utiliza eles como telefonia, navegação nas cartas náuticas, tendo em vista que esses aparelhos possuem GPS interno, além de poder mostrar fotos e vídeos aos amigos.

Ou ainda, quem sabe, escutar música ou assistir algum filme.

O único problema disso tudo, é que eletrônica não combina com a maresia, e muito menos, com o pouco espaço proporcionado pelas embarcações de mergulho.

São diversas pessoas tentando encontrar um canto para deixar seus pertences que não podem pegar água, e que em certas ocasiões, chega a ser complicado e inseguro deixar esses eletrônicos simplesmente na mochila.

Já vi inúmeras vezes, mochila sendo colocada sob mochila, ocasionando um peso em cima desses produtos, que certamente acarretará em algum tipo de consequência, vindo a danificar o mesmo.

Mas hoje, usuários viciados em tecnologia como eu, já podem ficar tranquilos com os dois modelos de case que a Pelican desenvolveu especialmente para os fanáticos por brinquedos da linha Apple, como o iPod Touch, iPhone e iPad…

Pelican1 As cases não se chamam iPelican, mas sim, i1015 Micro Case, para o iPhone e iPod´s e i1075 HardBack, para o iPad, especificamente

Existem outras cases para os demais, porém, são mais simples e explico porque.

No caso da Pelican i1015 Micro Case, ela vem com um insert, que é uma espécie de borracha moldada que encaixa do iPod Touch e iPhone, não permitindo que ele fique de debatendo no interior da caixa. Há também, um pequeno cabo de áudio que deve ser encaixado na saída dos fones e que leva o som para fora da case, através de um conector do tipo P1 fêmea, onde encaixamos o cabo dos fones de ouvido.

Dessa forma, o eletrônico fica totalmente isolado da maresia, água e contra qualquer tipo de impacto, pois essas cases são altamente resistentes à impactos e à prova d´água.

Quanto a case i1075 HardBack para iPad, além dela guardar o iPad no insert acolchoado interno, este insert permite que você guarde também o teclado original da Apple e o carregador do iPad. Não satisfeitos, a Pelican desenhou este insert de forma que ele encaixa do iPad e teclado de tal forma, permitindo que você possa trabalhe com eles como um notebook.

Essa case é à prova d´água, e a fábrica garante que nada acontecerá ao produto se ela ficar submersa até 1m durante 30min.

Pelican2Devo lembrar, que essas cases não são caixas estanques, e sim, cases para proteger os eletrônicos contra tudo aquilo que pode arruiná-los.

O único problema dessas cases, é a dificuldade de encontrá-las no exterior, pois no Brasil, elas nem existem. As cases são fabricadas na Califórnia, nos Estados Unidos, e por lá, o local mais fácil para aquisição é certamente a BH Photo em NY.

Hoje, a case i1015 custa em média U$ 24 e a i1075 em torno dos U$ 47. Não cases de baixo custo e muito menos, podem ser comparados ao Tupperware, produto usado por muitos para proteger objetos, mas quem conhece esses produtos, sabe a qualidade e garantia em segurança que esses produtos proporcionam.

Clecio Mayrink
Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em 1987 pela CMAS e realizou Dive Master em 1990 pela PADI. Hoje é mergulhador Técnico Trimix (Mergulho Profundo) e de cavernas (Technical Cave Diver e Advanced Cave Side Mount / No Mount). É juiz internacional de apneia pela AIDA e foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS em 2008. Produziu documentários sobre as Bahamas, Bonaire, Galápagos e Laje de Santos, visitando mais de 30 países. Foi o idealizador do site Brasil Mergulho criado em 1998 (MTB 0081769/SP), atuou como consultor para a ONU, UNESCO, além de diversos órgãos públicos no Brasil.