Brasil Mergulho - A referência em mergulho
 

Principal     Mergulho Técnico > Artigos
  
Imprimir Favoritos Recomende

Cilindros com Oxigênio e seus cuidados especiais

Cilindros com oxigênio (O2) são utilizados pelos mergulhadores técnicos para a redução no tempo de descompressão, principalmente em mergulhos longos e/ou quando realizados em locais muito desabrigados, reduzindo o tempo necessário para que o mergulhador possa retornar com segurança à superfície.

São normalmente utilizados os cilindros S30, S40 ou S80, também conhecidos como stages ou pony bottle, onde o S vem da palavra Scuba e o numeral refere-se à quantidade em pés cúbicos de capacidade de armazenagem que este apresenta. O exemplo, refere-se aos cilindros fabricados pela Luxfer, porém existem outros disponíveis no mercado.

Após a aquisição de um cilindro para uso com O2, o mergulhador deverá levá-lo até uma empresa especializada ou operadora para a realização de uma limpeza química do conjunto cilindro e registro. Esta limpeza irá remover todo resíduo que possa estar no interior de ambos, e substituir o lubrificante utilizado (normalmente silicone) no registro, por lubrificante compatível com o oxigênio. A preparação deste cilindro segue normas e regras padronizadas mundialmente para ele receber o oxigênio. Vale lembrar que cilindros para o uso de nitrox, esta limpeza também é obrigatória.

Obrigatoriamente tenho que fazer isso ?

Sim, pois o oxigênio em contato com qualquer material combustível principalmente algum tipo de óleo ou graxa, poderá desencadear uma combustão que pode levar à explosão do cilindro. Esta combustão só ocorre se existirem a combinação de três fatores: oxigênio, calor e algum tipo de combustível. Se você remover um deles praticamente você elimina este risco.

Além disso, é imprescindível que seja feita a troca dos o-ring's de borracha para os de Viton©, pois a borracha pode ser considerado um material combustível.

E o regulador a ser utilizado neste cilindro ?

Este mesmo procedimento também deverá ser realizado com o seu regulador, pois vale lembrar que o 1º estágio será o responsável pela redução da pressão do gás que sai do cilindro e irá ser respirado por você. Essa limpeza será obrigatória sempre que este regulador for utilizado para misturas com percentual acima de 40%.

Por que mesmo assim já houve casos de fogo e até explosão ?

Apesar de raros, ao que tudo indica, falhas no transporte (por exemplo deixar o cilindro solto na caçamba  da pick-up), recarregar o cilindro de forma incorreta, ou mesmo, não realizar a devida limpeza e/ou manutenção anual, além de uma falta de responsabilidade, põe em risco a sua vida e a de outras pessoas.

 
Cuidados na recarga

  • Recarregue sempre em locais confiáveis;
     
  • Se preocupe sempre com a qualidade da filtragem do local de recarga;
     
  • Não deixe o cilindro exposto ao sol;
     
  • Refaça a inspeção visual e limpeza a cada ano;
     
  • Ao realizar uma recarga com O2, siga os procedimentos corretos pois o preenchimento rápido irá gerar calor facilitando um dos componentes para o fogo;
     
  • Ao transportar este cilindro em um veículo, não deixe-o ficar batendo em outras coisas. Muitos acabam colocando cilindros em cima dos outros. No caso do O2, coloque-o em outro local ou envolva-o com uma toalha para evitar atritos.
     
  • Independente da mistura ser nitrox ou oxigênio 100%, faça sempre a checagem com um analizador e a devida marcação do cilindro.

 
Colaboração: Lelis J

 

 

 

 

 

 


Cilindro S40 após incêndio

 

 

 

 

 

 



Clécio Mayrink, nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em 1987 pela CMAS, sendo uma das referências do mergulho no Brasil.

Foi um dos primeiros Dive Masters formados pela PADI no Brasil (1990). É mergulhador Técnico Trimix (Mergulho Profundo) e de cavernas (Technical Cave Diver e Advanced Cave Side Mount / No Mount).

Idealizador do site Brasil Mergulho criado em 1998, foi consultor técnico sobre mergulho no Atlas dos Esportes no Brasil, um projeto promovido pelo Ministério dos Esportes, relacionando todo o histórico dos esportes no Brasil, e consultor no projeto de proteção mundial de naufrágios promovido pela ONU / UNESCO. É juiz internacional AIDA e integrou a expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS em 2008.

Produziu documentários sobre as Bahamas, Bonaire, Galápagos e Laje de Santos, visitando mais de 25 países, atuando em reportagens para revistas e TV's. Com a experiência adquirida ao longo dos anos, criou a empresa Brasil Mergulho Produções, destinadas a produção de imagens náuticas e subaquáticas.

Foi o responsável pela integração de sistemas tributários entre a Secretaria Estadual de Fazenda do Rio de Janeiro e a Receita Federal, além de ter sido um dos responsáveis pelo SINTEGRA, para troca de informações fiscais entre Estados.

 














 
  Topo
 
     
    Termos de Uso     Mídia     Anuncie     Fale Conosco  
     
    Conheça também  
 
     
Apoiamos
Daniel Botelho
Instituto Laje Viva
Revista Mergulho
Coral Restoration Foundation    
Projeto Meros do Brasil    
Conexões

 
   
  O site Brasil Mergulho é integrante da Brasil Mergulho Produções e foi criado com a missão de oferecer informações sobre Mergulho e todos os assuntos relacionados de forma qualificada, rápida e gratuita. O Brasil Mergulho Produções não se responsabiliza pelo conteúdo exposto, não comercializa produtos e não atua na área de cursos e treinamentos de mergulho. Caso você não concorde com algum conteúdo exposto neste portal ou possua alguma dúvida em relação aos termos de uso do portal, entre em contato com nossa equipe para mais esclarecimentos. Publicidades e campanhas aqui veiculadas, não refletem nossa opinião. Mergulhar requer cursos e treinamentos.