Príncipe de Astúrias

Data: 06/03/1916

GPS: 23º 56,558′ S / 45º 13,472′ W

Localização: Ponta da Pirabura – Ilhabela

Profundidade (m): 14 – 54

Visibilidade (m): 2 – 5

Motivo: Bateu na ilha devido ao mau tempo

Estado: Desmantelado

Carga: Estanho, cobre, chumbo e porcelanas da época

Tipo: Transatlântico

Nacionalidade: Espanha

Dimensões (m): 150

Deslocamento (t): 17.000

Armador: Glasgow

Estaleiro: Pinillos Izquilerdo y Col

Propulsão: Vapor

Fabricação: 1914

Notas:

Um dos maiores naufrágios na costa brasileira, onde morreram 477 pessoas. Alguns chegam à dizer que na realidade foram mais de 1.000 mortos, pois haviam refugiados alemães escondidos nos porões.

O navio tinha capacidade para até 1.300 passageiros e realizava a rota Barcelona – Buenos Aires, levando uma carga muito valiosa, além das 40.000 libras esterlinas de uma agência bancária de Buenos Aires. Também levava uma estátua de bronze do General San Martin, que seria doada ao governo argentino.

Durante a madrugada, por volta das 4h da manhã, o navio estava em volto de um denso nevoeiro e forte tempestade, indo contra ondas de até 6 m de altura, fazendo com que a tripulação não avistasse Farol da Ponta do Boi. O navio batera violentamente nos rochedos rompendo o casco e sofrendo grandes avarias da proa até a meia-nau, e em apenas 3 minutos, as caldeiras explodiram.

Pouco tempo depois do impacto, o navio afundou. O número de mortos poderia ser maior se não houvesse o resgate feito pelos tripulantes do navio inglês “Vega” que passava próximo no momento do acidente.

Dizem os moradores locais, que seus antigos familiares contam histórias que ao clarear do dia na Baía dos Castelhanos, haviam dezenas de corpos espalhados pela areia.

Há fortes correntes no local e diversos pedaços pontiagudos das ferragens.

Documentos:

Os cem anos do Titanic brasileiro PDF1.4Mb
Matéria publicada no Jornal A Tribuna no dia 28/02/2016 – Por: José Cláudio Pimentel

Imagens

Redação
Se você possui mais informações sobre o assunto acima, entre em contato com a nossa equipe e ajude a tornar este site ainda mais completo. Isso ajudará os mergulhadores e todos aqueles que estiverem buscando por mais informações.