Rebreathers – Distúrbios nos Ouvidos

Foto: Clécio Mayrink

O problema mais comum relacionado com os ouvidos, no mergulho, é geralmente causado por uma limpeza errada, dos ouvidos, durante o descenso.

O resultado pode ser um leve problema no tímpano, ou pode ser muito sério, com dano no ouvido médio e ruptura do tímpano, ou membrana menor similar, cobrindo a janela redonda, dentro dos ouvidos.

O dano pode ocorrer ao se descer mais de 1,20 metros, com os ouvidos bloqueados, ou por uma limpeza dos ouvidos forçada, uma vez que os ouvidos estejam tampados.

Estes problemas ocorrem com mais frequência em mergulhadores inexperientes, que também não conseguem suportar a forte tontura que este problema pode causar o que pode levar a problemas maiores.

Os problemas de limpeza dos ouvidos são raros durante o ascenso, porque as Trompas de Eustáquio permitem que o gás saia facilmente.

Ainda que raramente, pode haver uma saída desigual das cavidades do ouvido médio, durante o ascenso, resultando numa diferença de pressão entre os dois ouvidos médios e um estímulo desigual nos órgãos do equilíbrio.

O mergulhador pode experimentar uma tontura, que passa após um ascenso. Já que a Trompa de Eustáquio abre e permite que as bolhas de ar escapem.

Caso o mergulhador atinja a superfície com uma pressão desigual entre as 2 cavidades do ouvido médio, a tontura irá persistir. A tontura, durante o ascenso, ou logo após o mergulho, pode também ser causada pela Doença Descompressiva, que é um grave acidente de mergulho

Sintomas

  • Tontura
  • Náusea
  • Dor nos ouvidos
  • Dor na nuca ou maxilar
  • Problemas auditivos

Sinais

  • Nistagmo: Movimento rápidos dos olhos para frente e para trás;
  • Danos traumáticos dos tímpanos
  • Perda da audição;
  • Perda do equilíbrio.

Prevenção

As técnicas de limpeza dos ouvidos, sem forçar, imediatamente após o começo do descenso, evitam tais problemas. Os mergulhadores devem começar a equalizar os ouvidos logo no início da imersão, nunca forçando.

Caso seja impossível equalizar, ascender um pouco e depois continuar o descenso. O uso de medicamento descongestionantes têm um benefício duvidosos.

Fonte

  • DAN Medical Guide
  • G.Y. Mebane, M.D. editor
Carlos Nelli Borges
Carlos Nelli Borges é Master Scuba Instructor pela PADI, Instrutor de Rebreather pela TDI (E.1211.I) e Instrutor Trainer Rebreather pela RAB (BR-133-02/98), possindo mais de 1.200 mergulhos com rebreathers. Foi representante da Dräger no Brasil entre 1997 e 2000. Atualmente atua como instrutor na África do Sul.