Roupa de mergulho repele tubarões e outros peixes

Foto: Steve Backshall

Ao nadar em mar aberto, cada movimento humano envia sinais invisíveis para peixes e outras criaturas marinhas.

Atraídos por nossa presença, esses tubarões, lagostas, arraias e peixes em geral, se aproximam por meio da detecção de sinais musculares mínimos, como a simples batida de um coração ou atividade cerebral.

A batida de um coração ou contração de um músculo envia um sinal elétrico espontâneo, assim os animais conseguem detectar esses movimentos através de uma habilidade biológica chamada eletro-recepção (ou eletro-percepção). Logo, o traje chamado de Stealth Wetsuit, inventado pela empresa de tecnologia HECS Aquatic, com sede na Nova Zelândia, bloqueia esses sinais, permitindo a aproximação cautelosa do mergulhador aos animais.

O princípio de funcionamento do traje baseia-se no conceito de uma gaiola de Faraday, inventada pelo cientista Michael Faraday em 1836. Ele descobriu os princípios por trás da blindagem eletromagnética pelo fato de que, uma superfície de material condutor eletrizada tem um campo elétrico nulo, mesmo em um campo elétrico externo. Logo, uma gaiola de Faraday impede a radiação eletromagnética de penetrar o seu exterior, protegendo o que está dentro de pulsos estáticos, eletromagnéticos, ondas de rádio e outros.

A HECS Aquatic construiu uma rede de fibra de carbono condutora que atenua os campos elétricos dentro da roupa de mergulho. De acordo com o site oficial da empresa, o traje “é feito com uma malha de fibra de carbono condutora projetado para reduzir o seu campo de energia elétrica”.

O artefato foi testado pelo biólogo marinho Ricky Elliott, durante uma viagem de pesquisa no Havaí, revelando uma série de fotografias impressionantes em que estava bem próximo a uma grande variedade de animais.

O Stealth Wetsuit estará disponível a partir de 399 dólares (R$ 1.300 na cotação atual) em países da Europa, bem como Austrália, Nova Zelândia, Estados Unidos, Canadá e México.

Redação
Se você possui mais informações sobre o assunto acima, entre em contato com a nossa equipe e ajude a tornar este site ainda mais completo. Isso ajudará os mergulhadores e todos aqueles que estiverem buscando por mais informações.