SeaWorld anuncia morte da orca Tilikum, que matou treinadora em 2010

Foto: Phelan M. Ebenhack

O SeaWorld anunciou que a baleia orca Tilikum, responsável pela morte de sua treinadora em 2010, morreu na última segunda-feira, em Orlando, na Flórida.

A orca tinha cerca de 36 anos e vivia no SeaWorld de Orlando há 25 anos, após ter sido transferida do parque Sealand of the Pacific, no Canadá.  Ainda não se sabe a causa da sua morte, mas sabe-se que ela sofria de uma infecção bacteriana grave no pulmão.

Acidente em 2010

Quando ocorreu o ataque a treinadora Brancheau, seu comportamento foi tão agressivo, que as equipes de socorro não conseguiram mergulhar para salvar a treinadora, uma das mais experientes do SeaWorld.

O terrível incidente, testemunhado pelo público que ainda deixava o local após o show, chegou a ser registrado por câmeras de vídeo.

Posteriormente o parque adotou novas medidas de segurança.

Redação

Se você possui mais informações sobre o assunto acima, entre em contato com a nossa equipe e ajude a tornar este site ainda mais completo. Isso ajudará os mergulhadores e todos aqueles que estiverem buscando por mais informações.