Secagem de equipamentos em pequenos locais

Suporte com as roupas de mergulho secando na varanda - Foto: Clécio Mayrink

Conversando com alguns mergulhadores, havia uma reclamação em comum quanto à secagem dos equipamentos de mergulho em locais com pouco espaço, o que acontece normalmente em apartamentos de pequenas dimensões.

Cabide3Conforme a conversa foi acontecendo, chegou-se a conclusão, que um simples sistema de tubos plásticos, desses normalmente utilizados em construção, poderia resolver o problema, pois além de ser desmontável, facilitaria a armazenagem do mesmo.

Então, resolvermos construir um protótipo do que poderia Cabide4ajudar aos mergulhadores.

Compras

Basicamente, o sistema utiliza canos de maior rigidez, com dois joelhos de curvatura e dois conectores de canos para fazer a junção. Um pedaço de cabo de nylon desses usados Cabide2em carretilhas e spools, servirá para ajudar na sustentação do varal.

Quando fomos comprar os itens, notamos que existem diferentes tipos de canos e tubulações. Os canos brancos, possuem menos rigidez e são mais fáceis de racharem.

Cabide1Adotamos a tubulação na cor marrom, que possui maior rigidez.

Cortes e montagem

Cortamos os canos em sete pedaços, sendo um longo para ser o varal, outros dois para as laterais, e outros quatro pedaços menores para se tornarem os pés.

No meio desses conectores, faça um furo, e amarre a ponta do cabo de nylon.

Depois faça o mesmo com o outro pé montado, deixando os dois pés unidos por este cabo. Ele será o limitador para que os pés não abram para os lados, e deixem os equipamentos caírem.

Feitos os devidos cortes, encaixamos os tubos menores nos conectores para a formação dos pés.

Depois, encaixe os canos referentes às laterais do varal.

Encaixe a conexão do cano maior, e depois, o próprio cano onde ficarão os equipamentos sobrepostos para a secagem.

Ao finalizar a secagem, basta desmontar o sistema e guardar.

Clecio Mayrink
Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em 1987 pela CMAS e realizou Dive Master em 1990 pela PADI. Hoje é mergulhador Técnico Trimix (Mergulho Profundo) e de cavernas (Technical Cave Diver e Advanced Cave Side Mount / No Mount). É juiz internacional de apneia pela AIDA e foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS em 2008. Produziu documentários sobre as Bahamas, Bonaire, Galápagos e Laje de Santos, visitando mais de 30 países. Foi o idealizador do site Brasil Mergulho criado em 1998 (MTB 0081769/SP), atuou como consultor para a ONU, UNESCO, além de diversos órgãos públicos no Brasil.