Teria realmente um naufrágio de guerra em Porto Seguro ?

O mar de Porto Seguro esconde muita história e belezas naturais - Foto: Clécio Mayrink

Desde que comecei a desenvolver o Brasil Mergulho, acabamos esbarrando com pessoas pelo país afora, onde vamos tomando conhecimento sobre várias histórias e fatos ocorridos num passado não tão distante, onde maioria das vezes, o assunto não consta em livros, jornais e revistas.

Um dos encontros mais marcantes em minha vida, foi com a famosa e inesquecível Major Elza Cansação Medeiros em sua sala no Palácio do Exército, no Rio de Janeiro, onde tive uma reunião de horas, onde pude ouvir as maravilhosas histórias de sua vivência durante a Segunda Guerra Mundial e sua atuação no resgate aos náufragos do Itapagé, em Alagoas.

Naquele momento, me sentia verdadeiramente um privilegiado de poder ouvir os fatos sendo contados por uma pessoa que presenciou de perto, muita coisa de um momento histórico do planeta.

Naufrágio de guerra em Porto Seguro – BA

Em um determinado dia, recebi um e-mail de um instrutor de mergulho da Bahia, comentando sobre um naufrágio desconhecido pela comunidade do mergulho brasileiro e me pareceu ser bem interessante.

Segundo esse instrutor (que infelizmente perdi contato), o naufrágio encontra-se distante da costa da cidade de Porto Seguro, na Bahia, quase na divisa com as águas profundas, levando-se entre 3h de navegação uma embarcação de pesca tradicional ou aproximadamente 1h de lancha.

Ainda segundo ele, seria um navio de guerra em posição de navegação inteiro no fundo, com todo o material e uma metralhadora com munição, demonstrando que a embarcação teria naufragado rapidamente. Não foram avistados restos mortais no local.

A profundidade gira em torno dos 50m, e em razão da distância da costa, a água é extremamente clara, onde a visibilidade ultrapassa os 30m.

O naufrágio possui uma intensa vida marinha no local, onde inclusive, um Tubarão-Martelo foi avistado por ele e seu dupla.

A embarcação teria dimensões de médio porte, como se fosse uma lancha rápida de abordagem, contendo uma metralhadora anti-aérea em sua proa.

Realizando algumas buscas na web, não encontrei nenhuma pista que indicasse algum naufrágio com essas características na região. O tipo embarcação que mais se aproxima as características mencionadas por esse instrutor, seriam as lanchas rápidas de abordagem usada pelos americanos durante a Segunda Guerra Mundial, mas até onde sei, elas não teriam sido utilizadas nessa área.

Como as informações publicadas durante a guerra não eram claras ou continham erros, fica mais complicado determinar o tipo de naufrágio e tentar fazer alguma relação com o que há de informações de embarcações naufragadas durante a guerra.

Recentemente um amigo da Bahia informou que conheceu um pescador de compressor que informa ter a marca e conhecer bem naufrágio, agora é rezar pra que alguém consiga ir até o local confirmar a existência desse naufrágio e divulgar a localização aos mergulhadores brasileiros.

Típica lancha-torpedeira americana usada na Segunda Guerra Mundial
Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em apneia em 1983, no autônomo em 1986 pela CMAS e Dive Master em 1990 pela PADI. Hoje é mergulhador Técnico Trimix, Technical Cave Diver e Advanced Cave Side Mount / No Mount pela IANTD. Foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS em 2008, idealizador do site Brasil Mergulho em 1998 (MTB 0081769/SP), atuando em diversas matérias e documentários no Brasil e no exterior. Também atuou como consultor para a ONU, UNESCO, além de diversos órgãos públicos no Brasil.