Terminologia: Alguns termos utilizados no dia-a-dia do mergulho

Hélio Residual Gás hélio, ainda dissolvido no corpo do mergulhador, após o final da imersão.

Tempo de Excursão 

Tempo decorrido desde a saída da pressão de saturação no descenso, até deixar a profundidade de excursão no ascenso, expressada em minutos.

Profundidade de Excursão

Profundidade máxima, obtida na excursão, expressada em metros de água salgada.
Saturação Acontecem em missões muito profundas, (além dos 100 metros), usualmente envolvendo um tempo de fundo estendido, resgate e salvamento profundo de submarinos, recuperação de armas , atividades científicas, etc. Também acontecem em profundidades menores, geralmente abaixo dos 33 metros, requerendo um tempo de fundo extensivo, construção abaixo d’água, longos projetos de salvamento, observações científicas, etc etc.
Hélio Entra nos tecidos mais rapidamente, cerca de 2.65 vezes mais rápido que o nitrogênio, e os deixa também mais rapidamente.
Hidrogênio Explosivo, quando mesclado com mais de 5 % de oxigênio. Seus efeitos narcóticos são parecidos com o “¨LSD”.
Neon Um gás mais denso que o hélio e nitrogênio, sua difusão nos tecidos é mais lenta, é mais apropriada para imersões profundas curtas.
Roupa Seca O uso do argônio para inflar a roupa seca, proporciona 1.7 vezes mais calor, do que a utilização de ar.
Água Conduz o calor 26 vezes mais do que o ar o faz.
Oxigênio A cada litro de oxigênio consumido metabolicamente, há a produção de 5,1 kcal de energia. cerca de 53 % desta energia, é utilizada para energia mecânica, e os restantes 47 % são transformados em calor. A pressão parcial deve se manter acima de 0,16 bar, abaixo disto poderá levar à hipóxia.
Embolismo Formação de bolhas nos tecidos, devido ao aumento da pressão dos gases dissolvidos nos tecidos.
Hiperóxia Excesso de oxigênio nos tecidos.
Hipóxia Carência de oxigênio nos tecidos.
Narcose pelo Nitrogênio Efeito narcótico crescente, devido a pressões parciais superiores, em geral, a 4 bar.
Mescla Normóxica É o Ar, ou seja, Nitrox com um 21% de oxigênio e 79% de nitrogênio.
Pressão Absoluta É a soma da pressão atmosférica e da pressão hidrostática.
Pressão Atmosférica É a pressão que exerce o ar circundante a nível do mar. Normalmente se expressa como 1 atm (atmosfera) ou como 1013 milibares, para simplificar, usa-se 1000 milibares ou 1 Bar.
Pressão Hidrostática É a pressão que exerce a coluna de água que há sobre um corpo. Na água do mar considera-se que é de 1 atm por cada 10 metros de profundidade.
Pressão Parcial É a pressão exercida por um elemento específico, de uma mescla gasosa, expresso como uma fração da pressão total.
Pressão Total Em uma mescla gasosa, é a soma das pressões parciais que compõem a dita mescla.
Profundidade Equiv. ao Ar Profundidade na qual a pressão parcial do nitrogênio do ar é equivalente a pressão parcial do nitrogênio que é inspirado, em uma mescla Nitrox, na profundidade real. Quando a porcentagem de oxigênio é maior do que 21 %, a “PEA” sempre será menor que a profundidade real a que o Nitrox é respirado.
Mescla Ternária Mescla gasosa formada por 3 gases. Também se conhece pelo nome de Trimix; p.ex. oxigênio, hélio e nitrogênio.
Vasodilatação Dilatação dos vasos sanguíneos devido a algum fator externo
(Ex. calor, retenção de CO2, exercício, etc).
Em serviço de oxigênio Expressão usada para indicar que um material é compatível com o oxigênio e que está limpo também para o oxigênio.
Carlos Nelli Borges
Carlos Nelli Borges é Master Scuba Instructor pela PADI, Instrutor de Rebreather pela TDI (E.1211.I) e Instrutor Trainer Rebreather pela RAB (BR-133-02/98), possindo mais de 1.200 mergulhos com rebreathers. Foi representante da Dräger no Brasil entre 1997 e 2000. Atualmente atua como instrutor na África do Sul.