Uma alternativa mais “pobre” ao rádio Nautilus Lifeline

Quem me conhece, sabe que sou criterioso quando o assunto é segurança em geral.

Quando o Nautilus Lifeline (rádio VHF com GPS) foi lançado no mercado, fui um dos primeiros a divulgá-lo e um dos primeiros brasileiros a adquirir uma unidade. A ideia do equipamento em si é ótima, pois além de poder ser levado durante o mergulho, numa eventual situação emergencial o mergulhador poder usar o rádio VHF dele para solicitar ajuda e informar sua localização, pois o display LCD dá as coordenadas GPS do mergulhador.

O grande problema é que o fabricante canadense de uma hora pra outra decidiu encerrar as vendas do Nautilus Lifeline e possui um péssimo atendimento pós-venda, gerando muitas reclamações dos mergulhadores.

Posteriormente esse fabricante lançou o Nautilus Rescue, uma espécie de “segunda versão” do primeiro Nautilus, mas praticamente serve de peso de papel, pois ele apenas emite um sinal de pedido de socorro com a localização do mergulhador, e quando digo “peso de papel”, me refiro ao sistema adotado, pois o sistema usado neste segundo modelo só é encontrado em poucas embarcações no mundo e praticamente ninguém possui equipamentos com a capacidade de receber o pedido de socorro do novo Nautilus. Resumindo, não serve pra nada !

Desde então, os mergulhadores acabaram ficando na mão e sem nenhum outro equipamento de emergência com rádio e GPS, que possa ser levado durante o mergulho.

Rádio UHF Baofeng BF-T1

A Baofeng é uma fabricante de rádios de comunicação chinesa, possuindo diversos modelos de rádios e atendendo uma grande demanda mundial. Eles cresceram muito no mercado, devido ao baixo custo dos produtos, e aqui mesmo no Brasil, muitas empresas passaram a usar o rádios deste fabricante.

No caso do mergulho, a possibilidade do mergulhador levar um rádio de comunicação de alguma forma traz mais segurança para ele, sendo um recurso a mais de segurança e interessante dependendo do local onde o mergulho é realizado.

Este ano a Baofeng lançou o rádio BF-T1, que nada mais é do que um rádio voltado para o mercado amador, em razão das suas configurações básicas e poucos recursos.

Esse modelo de rádio tem uma característica que pode ser interessante ao mergulhador: suas pequenas dimensões.

Este rádio é extremamente pequeno e pode ser levado em uma pequena caixa estanque, como uma caixa de câmera fotográfica que não está sendo usada, por exemplo. Ou ainda, dentro de um corpo de lanterna.

Localizador Beacon dentro de uma antiga caixa estanque de câmera fotográfica.

Seria na verdade uma “gambiarra”, mas passa a ser uma alternativa de baixo custo e ao alcance de todos os mergulhadores, pois o rádio BF-T1 custa em torno dos US$ 15 no eBay e R$ 119 no Mercado Livre no Brasil.

Um detalhe importante e que o interessado deve ter atenção, é quanto à frequência utilizada. O BF-T1 é anunciado como sendo um rádio UHF e a frequência usada na comunicação marítima é o VHF, portanto, são faixas de frequência diferenciadas e este rádio, não falaria com o rádio VHF usado nas embarcações, então, você teria que deixar uma segunda unidade na embarcaçã ou ter a certeza que a embarcação de mergulho seja equipada com um segundo rádio UHF, para que a equipe de superfície receba o seu chamado.

Mas há um porém… normalmente os rádios da Baofeng são VHF e UHF, ou seja, trabalham em ambas as frequências, onde em alguns modelos, é possível através de um cabo USB (vendido separadamente) do próprio fabricante, juntamente com um software, alterar a programação do rádio, e assistindo alguns vídeos no You Tube, este modelo também seria capaz disso, permitindo assim, que o mergulhador conseguisse falar diretamente no rádio VHF usado por todas as embarcações.

Conclusão

Diante das características, preço e dimensões, Baofeng BT-F1 pode ser um equipamento interessante na configuração do mergulhador, podendo auxiliá-lo numa eventual situação de emergência, permitindo uma solicitação de resgate via rádio.

Vale lembrar, que a operação de rádio-frequência no Brasil, requer licença de radioamador, e mais detalhes podem se obtidos diretamente com a ANATEL.

Características

  • Dimensões: 5.50 x 1.80 x 10.80cm
  • Potência: Transmissão 0.5-1w / Recepção 1w
  • Mini lanterna
  • Receptor FM
  • Alcance: 1 a 3Km
  • Programável por software
Clecio Mayrink
Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em apneia em 1983, no autônomo em 1986 pela CMAS e Dive Master em 1990 pela PADI. Hoje é mergulhador Técnico Trimix, Technical Cave Diver e Advanced Cave Side Mount / No Mount pela IANTD. Foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS em 2008, idealizador do site Brasil Mergulho em 1998 (MTB 0081769/SP), atuando em diversas matérias e documentários no Brasil e no exterior. Também atuou como consultor para a ONU, UNESCO, além de diversos órgãos públicos no Brasil.