Uma análise sobre as fatalidades com Rebreathers

Foto: Clécio Mayrink

A edição de junho de 2013 da revista Diving and Hyperbaric Medicine contém um excelente artigo que analisa as causas das fatalidades do mergulho com rebreather.

Lendo o estudo conclui-se que embora os rebreathers tenham um risco maior de falha mecânica, por sua complexidade, esse aspecto pode ser compensado com um bom projeto incorporando redundância e levando-se fontes alternativas de gás adequadas no caso de uma falha com o equipamento.

Fatalidades podem ser reduzidas ainda mais, com o treinamento intensivo e o estudo frequente sobre o tema pelos mergulhadores.

Clique aqui (0.2Kb) e baixe o estudo em inglês, onde é possível ver em detalhes o que foi analisado e as conclusões.

Clecio Mayrink
Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em apneia em 1983, no autônomo em 1986 pela CMAS e Dive Master em 1990 pela PADI. Hoje é mergulhador Técnico Trimix, Technical Cave Diver e Advanced Cave Side Mount / No Mount pela IANTD. Foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS em 2008, idealizador do site Brasil Mergulho em 1998 (MTB 0081769/SP), atuando em diversas matérias e documentários no Brasil e no exterior. Também atuou como consultor para a ONU, UNESCO, além de diversos órgãos públicos no Brasil.