Daria um bom mergulho…

Foto: Antônio Tavares

Nas proximidades da cidade de Tanguá, distante 70Km ao norte da Capital do Rio de Janeiro, há uma antiga pedreira onde no passado, uma empresa realizava a exploração de um mineral denominado Fluorita, utilizado na produção do aço.

A pedreira foi desativada e começou a minar uma água clara com coloração esverdeada, e passou a ser chamada de “Lagoa Azul” pelos moradores da região, que frequentemente invadem o local para utilizar o lago como piscina natural, devido a transparência da água.

Por se tratar de uma área particular, infelizmente a visitação é proibida.

Pelas imagens de satélite, acreditamos que a pedreira deve possuir entre 20 e 30m de profundidade.

Quem tiver curiosidade, sua localização GPS é esta: 22° 43,492′ S / 42° 44,525′ W

Por:
Redação

Se você possui algum conteúdo relacionado ao mergulho e acha que pode ser interessante dividir com outros mergulhadores ?

Clique aqui e entre em contato conosco para o conteúdo para a maior revista eletrônica sobre mergulho do Brasil, com acesso gratuito aos mergulhadores.