Os investigadores concluíram um exame de duas semanas dos destroços da embarcação Conception que pegou foto, matando 34 pessoas na costa do sul da Califórnia, disse um oficial da lei na sexta-feira.

A embarcação estava ancorada nas proximidades de Santa Cruz Island quando pegou fogo e afundou no dia 2 de setembro. Ela foi erguida e levada para Port Hueneme, uma base naval a noroeste de Los Angeles, onde as equipes especialmente treinadas do FBI e O Departamento de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos, tentaram descobrir o que provocou o incêndio.

Os investigadores concluíram seu trabalho sem encontrar a causa para o início do incêndio, mas a investigação continuará, disse o funcionário, que não estava autorizado a divulgar as informações publicamente, mas comentou com a Associated Press sob condição de anonimato.

Pedaços do barco foram enviados aos laboratórios para testes adicionais, e os investigadores estão examinando centenas de documentos apreendidos pelo operador do barco, Truth Aquatics Inc., informou a autoridade. Algumas partes do barco foram levadas pelo mar e não há data prevista para concluir a investigação.

Comentários do Editor

Segundo o operador da embarcação Conception, os cilindros de oxigênio para a produção de misturas Nitrox, se encontravam na parte traseira da embarcação, e que não seria os responsáveis pela explosão que ocasionou o incêndio, pois sabe-se que ela iniciou no meio do barco.

A explosão foi muito grande com fogo intenso, tanto que não houve tempo para tentar salvar qualquer um dos passageiros. Os que se salvaram, se encontravam na parte externa ou superior da embarcação e que tiveram a sorte de se jogarem ao mar ou porque foram literalmente jogados pela força do deslocamento do ar, como foi mencionado por um dos membros da tripulação salva.

Obviamente é difícil ter uma certeza sem provas, mas estranho uma explosão de extrema força como a ocorrida, não estar relacionada ao armazenamento de oxigênio 100% usado em misturas de mergulho, tendo em vista que o combustível utilizado não geraria uma explosão dessa proporção.

Alguns jornalistas americanos chegaram a dizer que havia uma desconfiança do acidente estar relacionado com baterias de lítio, contudo, por mais perigosas que sejam, jamais um lote de baterias deste tipo causariam uma explosão com este formato, o que dirá um pequeno grupo delas usadas em equipamentos de mergulho.

Por:

Clecio Mayrink
Editor - Brasil Mergulho

Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em apneia em 1983 e autônomo em 1986, participando da primeira turma de Dive Master da PADI no Rio de Janeiro em 1990. É mergulhador Técnico Trimix, Technical Cave Diver, Advanced Cave Sidemount / No Mount, possuindo mais de 30 anos de experiência em mergulho e fotografia / vídeo subaquático.

Foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS, em 2008, é o idealizador do site Brasil Mergulho em 1998 (MTB 0081769/SP) e atuou em diversas matérias e documentários no Brasil e no exterior, sendo uma referência quando o assunto é mergulho e naufrágios para a mídia e órgãos públicos no país, e diversas entidades internacionais como a ONU e UNESCO.