Marsa Alam – Um ponto desconhecido

Se você precisa de hospedagem e não deseja conhecer locais já tão visitados e comer mal, você deve abrir seus horizontes e aproveitar o que os novos destinos para o Mar Vermelho podem lhe trazer…

Além de belíssimas paisagens submarinas, também é possível conhecer montanhas, pontos históricos, como os monumentos importantes no crescimento da civilização humana. Locais como a antiga Cleópatra, templos e minas, são um atrativo à parte. Além disso, a visita até o Vale dos Reis, com suas magníficas atrações históricas.

Mas que tal um Deep South Eco-Lodge ?

Marsa-Alam03Trabalho em Marsa Alam, no Mar Vermelho, onde antigamente, a região era apenas uma vila de pescadores de Marsa Tondoba. Hoje, temos a operadora de mergulho e turismo Deep South Eco-Lodge, que oferece diversas possibilidades de mergulho e turismo aos visitantes.

Construída com material no estilo africano nas proximidades das montanhas e à poucos minutos da praia, possuímos uma pousada criada com um estilo alternativo rústico africano, com todo conforto para o mergulhador.

Marsa Alam está localizada a 790 km ao sul da cidade do Cairo e a 300 Km de Hurghada.

Marsa Alam é antiga, pequena e com famosos pontos de mergulho, pesca e com um porto internacional. Nos últimos anos, Marsa Alam se tornou um importante destino turístico na região, especialmente após a construção do aeroporto internacional de Marsa Alam.

Marsa-Alam05Há alguns recifes de corais ao largo, contando com muitas facilidades para a prática do mergulho, principalmente na reserva natural de Gebel Elza, ao sul.

Hoje, Marsa Alam conta com alguns resorts de 3 e 4 estrelas e alguns centros de mergulho 5 estrelas ao longo da praia.

Marsa Alam está situada na junção entre a costa do Mar Vermelho e a rodovia Edfu, onde encontramos o Rio Nilo com seus 230 Km de extensão. Ao longo, existe uma rodovia antiga, que segundo a história, seria sido construída por Ptolomei II durante o período grego, onde passamos por paisagens históricas egípcias antigas. Esta rodovia era utilizada durante o período da busca pelo ouro, e até hoje, existem minas de extração de ouro na região.

Ao lado da rodovia, encontramos dois pontos turísticos importantes, sendo um dele, Wadi Barmiya com aproximadamente 30 Km de montanhas. Wadi Baramiya se estende até outra cadeia de montanhas conhecidas como Miya, onde há o templo Seti I, construído para a extração de ouro.

Atualmente, Marsa Alam ainda é uma cidade pequena, mas com um crescimento acelerado, face o aumento do turismo local e com o aumento de vôos. Além disso, o porto de Ghaleb, contribui para isso, com sua marina, spa, lojas, galerias, boutiques, restaurantes, cassinos e boates. A marina é particular, podendo se utilizada somente por visitantes que venham conhecer o Egito.

Marsa-Alam02Pontos de Mergulho

Resumidamente, mergulhar no Mar Vermelho, é mergulhar em águas extremamente claras e ricas em vida marinha, onde vemos centenas de seres marinhos minúsculos, até tubarões martelo nadando tranquilamente.

Marsa-Alam04Basicamente os principais pontos de mergulho são os recifes de Samadai e Elphin Stone. No Samandai National Park, é possível mergulhar com os golfinhos ou fazer snorkeling.

Para quem não conhece o Mar Vermelho, o que os mergulhadores mais fazem por aqui, é o Live Aboard, e para isso, contamos com uma embarcação de 36m de comprimento, com 16.000 litros de água doce, 10 cabines para os mergulhadores, ar condicionado e toda estrutura para alguns excelentes dias de mergulho.

Um ponto muito importante, é que hoje contamos com uma câmara hiperbárica o Tondoba Ecolodge Resort, desde junho de 2007, estando 24h à disposição dos mergulhadores, para uma eventual emergência.

Marsa-Alam01Quem tiver interesse em mais informações, entre em contato comigo pelo telefone 012 325 8669, pelo e-mail karim@deep-south-diving.com ou pelo site www.deep-south-diving.com.

Nader Alharidi
Responsável pelo marketing da operadora, morou nos Estados Unidos e realizou PhD em Administração e Marketing, atuando depois em uma multinacional por alguns anos. Posteriormente foi professor universitário no Egito, viajando por todo o país, realizando um estudo sobre os desertos. Quando morou em Sham El Sheik, atuou como instrutor de mergulho nas maiores operadoras da região, a Sinai Dive Club, Aquamarine e Sinai Divers.