Mergulhando em Isla Margarita

A Ilha de Margarita está situada no mar do Caribe, ao noroeste da Venezuela, junto com as ilhas Coche e Cubagua, integrando o estado de Nueva Esparta. O clima é quente e seco durante a maior parte do ano e suas chuvas se concentram nos meses de agosto a outubro. A temperatura média gira em torno de 31°C graus, com a mínima de 24°C e a máxima de 37°C. O fuso horário é de uma hora a menos que o horário de Brasília. A Ilha de Margarita possui 1.071 quilômetros quadrados, e o estado de Nueva Esparta cerca de 1.150 quilômetros quadrados.

Isla-Margarita2O baixo custo de viagem, juntamente com outros atrativos como belas praias, compras baratíssimas (devido ao fato do imposto local ser muito baixo e do dólar tem grande valor na ilha), passeios diversos, pescarias e logicamente um bom mergulho, foi o que me levou a conhecer a ilha. Para ter um maior leque de informações sobre a mesma, busquei consultar a internet e algumas revistas especializadas em turismo.

Ainda sobre a viagem, a mesma foi feita por agência de viagem e com aeronave fretada. Primeiramente saímos (eu e minha namorada) de Fortaleza para Manaus fazendo escala em Teresina no Piauí e depois em Belém do Pará, num total de quase cinco horas de vôo. Como chegamos ao amanhecer e o vôo para Margarita só iria ocorrer por volta das 23hr, aproveitamos o dia para conhecer um pouco da bela e simpática Manaus. No final da tarde voltamos para o aeroporto e esperamos até a hora marcada para o embarque. A 1:30 hs da manhã, já cansados pelo dia e pelo atraso do avião, embarcamos e chegamos ao local por volta das 4hs. As 9:30 hs estávamos todos em uma pequena sala do hotel para conhecermos pacotes e regras de segurança na ilha, sendo esta última ligada principalmente ao câmbio do dólar.

Nos passeios observamos locais belos, mas também ficou registrado em nossa memória a pobreza existente em algumas áreas específicas, o que é comum em alguns países sul-americanos. Pelo fato da ilha ser muito grande, não é aconselhado pegar taxi (embora esse seja muito barato, visto que a Venezuela é um dos maiores produtores mundiais de petróleo) para todos os pontos turísticos, sendo melhor buscar uma agência local e fazer os passeios.

A capital política do estado de Nueva Esparta é a cidade de Asunción, e as cidades principais são Porlamar (Capital), Pampatar, Juangriego e Playa el Agua. O idioma na Venezuela é o espanhol, mas em muitos lugares se pode encontrar pessoas que falam o inglês e o alemão. O bolívar é a moeda oficial, mas o dólar americano é bem aceito em todas as transações comerciais e financeiras da ilha. Os cartões de créditos são também usados em quase todas as lojas e restaurantes da ilha.

O abastecimento de água para a ilha se faz através de uma tubulação submarina proveniente do continente. É importante ressaltar que esta água não é potável, por tanto não é recomendável para o consumo humano. A eletricidade local é de 110 Volts. As rotas de transporte público cobrem a maioria dos locais turísticos da Ilha, tais como La Asunción, Playa Guacuco, Playa Parguito, Playa el Agua, Tacarigua, Juangriego, El Valle, etc.

Em relação ao vestuário, devido ao intenso sol e calor, é apropriado usar durante o dia camisetas de malha fina e clara, bermudas, tênis e sandálias. O uso de boné, um bom óculos escuro e protetor solar é também importante. Já pela noite, em alguns cassinos, hotéis e restaurantes, o uso de uma roupa mais formal é bem melhor indicada.

Isla-Margarita1Mergulhos

A principal áreas de mergulho autônomo ou snorkel fica em Los Frailes, que é uma das pequenas ilhas ao norte, pegando um pouco das correntes geladas do Atlântico. Cerca de 15 Km da Isla de Margarita encontra-se esse bom ponto de mergulho. A profundidade média dos mergulhos foi de 12 metros e a visibilidade da água fica normalmente por volta de 20 metros, sendo muito clara e cristalina com temperatura da água média de 24°C o ano todo, sendo importante o uso de roupas de neoprene acima de 3 mm. Para ir ao local a saída ocorre na pacífica baía de Juangriego. Chegando em Los Frailes prepare-se para a grande oportunidade de apreciar uma grande variedade de corais e vida marinha, seguido por um almoço em uma ilhota. Na volta, veremos um belo entardecer para fechar com chave de ouro o dia.

São poucas as operadoras locais de mergulho mas com preços bem parecidos. Os mergulhos saem a partir de U$ 50 para snorkeling e U$ 70 para o mergulho autônomo com dois cilindros. Isso com todo o equipamento de mergulho já incluso. Um pacote com quatro mergulhos, incluindo material, transporte, almoço e bebida sai por U$ 160 e com seis mergulhos, U$ 220. É o mergulho mais barato que eu já vi. As principais operadoras de mergulho da ilha são: Margarita Divers, Oasis Dive Lodge e Enomis Divers.

Os principais pontos são:

Pecha

Um jardim com todos os tipos de octocoral gorgonian. A tranquilidade da água e da sua proximidade (5 minutos) de Puerto Real, é um impulso para o início do programa e snorkeling. Este ponto interessante é ideal para macro fotografia subaquática devido a sua fauna abundante em profundidade (12 a 15m).

Payap

Um habitat espetacular debaixo d’água com todas as características de um aquário natural. O tipo de mergulho que você está se movendo em favor da corrente (deriva de mergulho) ou relaxado e sem esforço, deixando-se levar aos recifes de coral divididos por áreas de areia branca, onde veremos geralmente um baiacu enorme. A fauna é amigável e acostumada a interagir com os mergulhadores, sendo assim um ponto especial de mergulho que não deve faltar.

Pena

É uma rocha submersa a cerca de 20m de profundidade, formada por falésias que margeiam a costa. Anexado às rochas estão: os corais, gorgônias e muitas outras espécies pelágicas. O fundo rochoso e formas recife são o habitat natural de várias espécies e tipos de peixes coloridos, corais, crustáceos, esponjas, invertebrados, grandes espécimes de barracudas e garoupas (É recomendado para mergulhadores experientes médio a avançado).

Inferno

O ponto interessante é nomeado pela assembléia de água e correntes de ar, dando-lhe um turbulento e sombrio sobre a superfície da água, contudo, a situação vira para baixo como que por magia, tornando-se um lugar cheio de vida. As moréias, enguias e corais moles são características da área, bem como todos os tipos de marisco (recomendado para mergulhadores experientes médio a avançado).

Cominoto

Caracterizada por ser um local de águas calmas e rasas, ideal para iniciantes ou para aqueles que sentem a necessidade de aquecimento, após um longo período sem mergulhar.

Dicas

  • Só faça o câmbio do dólar em locais credenciados ou em lojas de confiança situadas no centro da cidade de Porlamar, onde há uma enorme variedade de produtos eletrônicos com preços muito baixos.
  • A loja Mansur Shop situada na Boulevard Gómes, número 8, vai fazer você enlouquecer com os baixos preços, e se o dono lá estiver, no caso o próprio Mansur, pechinche e use bem o dólar que fará sua compra sair bem mais em conta;
  • É importante ter esse cuidado para você não ser enganado e acabar recebendo dinheiro antigo já sem valor nenhum, ou então receber menos dinheiro do que deveria como aconteceu com uma família que estava conosco no hotel que perderam na transação cerca de U$ 600. É um transtorno que pode levar a viagem por água abaixo;
  • Busque sempre trocar pouca quantidade de dinheiro para não ser confundido na troca;
  • Procure sair do Brasil com pacote incluindo além da hospedagem a alimentação, devido ao fato da ilha ser grande, além de ser em boa parte desértica e pobre;
  • Conheça os shoppings centers, principalmente o Sambil Margarita, enorme, bonito e moderno com uma infinidade de lojas, inclusive com equipamentos de mergulho, pesca e náutica; e o Ratan Plaza, ambos situam-se na Av. Jóvito Villalba em Pampatar;
  • A noite tem como principal local de badalação o Señor Frog´s, localizado na Av. Bolívar em Porlamar, onde o público jovem é sempre presente. Além desse existem também outros bons points como Beer Shop, La Terraza, Margarita Bowling Center e a boate Woody’s;
  • A Playa el Agua, é sem dúvida a mais famosa em Margarita. Sua areia é branca e fina, rodeada por coqueiros e palmeiras, sem contar nos numerosos restaurantes que oferecem seus serviços na orla marítima. Ao lado dessa praia existe um mercado onde se pode adquirir toalhas de praia, bonés, camisetas, óculos escuros, chinelos e souvenirs com preços muito agradáveis;
  • Os principais restaurantes de Pampatar e Playa el Agua são: Trimar, Casa Caranta, El Pacífico, Golden Fish, e o Woody’s;
  • Algumas operadoras fazem um pequeno passeio de um dia para a paradisíaca Los Roques, um arquipélago de águas azuis que tanto identificam o Caribe, incluindo o vôo e a hospedagem com a diária. Esse passeio saía por algo em torno dos U$ 300 por pessoa;
  • Para quem gosta de parques aquáticos existe um em Pampatar, na Av. Jóvito Villalba, vizinho ao shopping Sambil. É o parque Diverland, onde se pode nadar com focas e golfinhos, conhecer animais e aves da fauna local, ou seja, um passeio que eu jamais esquecerei;
  • Não deixe de conhecer o Parque Nacional La Restinga, situado na Península de Macanao em um povoado chamado Boca De Río. Lá se visita um Museu Marinho onde se aprende sobre a fauna e flora da ilha. Depois se fará uma visita aos grandes manguezais da ilha com embarcações típicas chamadas Peñeros, onde desfrutará de uma grande variedade de aves, como o flamingo, estrelas do mar e milhares de ostras. Esse passeio é feito normalmente por jipes em excursões;
  • As estradas estão geralmente em condições muito boas e são seguras para movimentação em torno da ilha. As estradas no lado ocidental da ilha, em Macanao, pode ser complicada. Deve-se ter cautela sobre dirigir nas colinas, pois às vezes há buracos que precisam de reparo;
  • Faça o passeio para Isla de Coche, pois é maravilhoso, e sem dúvida o melhor. É uma pequena ilha com areia fina e branca e águas muito clara. Para se chegar ao local é preciso fazer uma pequena viagem de barco ou veleiro por aproximadamente 2hr, que inclui almoço, barraca de praia, bebidas e muita diversão.

Isla de Margarita é um bom lugar para se conhecer e aproveitar belas praias e boas compras. O povo é razoavelmente hospitaleiro, e na ilha existem muitas opções de lazer, tanto durante o dia como durante a noite.

 

Ruver Bandeira
Natural de Fortaleza-CE, é graduado em Geografia, Especialista em Educação, Gestão Escolar, e já participou como facilitador de cursos em educação ambiental. Além de fotógrafo subaquático, é Rescue Dive pela PADI, e iniciou sua paixão pelo mergulho e fotografia no ano de 1998, após uma viagem realizada ao arquipélago de Fernando de Noronha. Já escreveu diversos artigos para publicações especializadas em mergulho, registrando suas viagens com o objetivo de mostrar as belezas naturais como a importância da preservação.