Reguladores: Swivel 360° X Swivel de 90°

Swivel 360° e Swivel 90°

É muito comum presenciar algum mergulhador tendo dúvidas na hora da compra de um Swivel, por não saber diferenciar o modelo giratório (chamado de 360°) do modelo fixo (90°).

A diferença principal entre eles, é que o modelo de 90° muda em 90° (ou quase isso, dependendo do modelo) o ângulo de posicionamento da mangueira. Em razão da sua simples construção, ele acaba sendo muito usado pelos praticantes do mergulho técnico e caverna, pois contribui para um melhor posicionamento da mangueira do segundo estágio do regulador. A estrutura interna deste modelo de Swivel permite um fluxo de gás direto e pequena redução no arrasto, por deixar a mangueira mais próxima ao corpo do mergulhador.

Já o modelo 360° permite posicionar a mangueira sob qualquer ângulo e posição, pois este modelo de ajusta a curvatura da mangueira em relação ao segundo estágio do regulador.

Alguns mergulhadores experientes possuem algumas objeções em relação ao modelo 360°, pois esse modelo de Swivel utiliza partes móveis em seu interior, como a adição de o-ring, por exemplo, e este acaba tendo um atrito interno entre metais para manter o compartimento totalmente estanque, daí, considerado como menos confiável que o modelo de 90° por alguns mergulhadores.

Em ambos os casos, é fundamental que o mergulhador realize a manutenção anual do regulador para que o Swivel passe pela inspeção, seja limpo e tenha seu o-ring interno trocado se for o caso. Assim, você evitar a possibilidade de vazamentos durante o mergulho.

Os fabricantes e distribuidores de equipamentos afirmam que não há relatos de problemas com Swivel giratório, sendo um acessório confiável e que traz benefícios ao mergulhador.

A escolha do modelo de Swivel acaba sendo uma questão pessoal, e a cada dia, eles ganham mais espaço no mercado por trazerem mais conforto ao mergulhador.

Foto: Clécio Mayrink
Por:
Clecio Mayrink
Editor - Brasil Mergulho

Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em apneia em 1983, no autônomo em 1986 e Dive Master em 1990. Hoje é mergulhador Técnico Trimix, Technical Cave Diver e Advanced Cave Side Mount / No Mount.

Foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS, em 2008, é o idealizador do site Brasil Mergulho em 1998 (MTB 0081769/SP) e atuou em diversas matérias e documentários no Brasil e no exterior. Também prestou consultoria para a ONU, UNESCO e diversos órgãos públicos no Brasil.