O atleta da Marinha do Brasil (CEFAN) e Cobra Sub, Ricardo da Gama Bahia, foi o único representante brasileiro no VII Campeonato Pan-Americano de Apneia Indoor da CMAS, realizado em Santiago do Chile, entre os dias 26-30 de junho de 2019.

Ricardo disputou provas nas modalidades de Apneia Dinâmica sem Nadadeiras (DNF), Apneia Estática (STA), Apneia Dinâmica com Bipalmas (DYN – BF) e Apneia Dinâmica com Monopalma (DYN).

Na Apneia Dinâmica sem Nadadeiras, Ricardo realizou a marca de 128m, o que lhe garantiria um pódio e um novo recorde brasileiro, mas infelizmente foi desclassificado durante o protocolo de superfície, após sua boca ter encostado na água.

Na Apneia Estática, sua especialidade, o brasileiro conquistou a 2ª colocação com o tempo de 6’08’’, 15 segundos atrás do vencedor, Jose Aguilar (Argentina), que fez 6’23’’.

Na prova de Apneia Dinâmica com Bipalmas, Ricardo conseguiu um novo recorde brasileiro com a marca de 151m, além da 2ª colocação.

Finalmente, na prova de Apneia Dinâmica com Monopalma, Ricardo superou o recorde brasileiro que já era seu pela AINDA, de 166m, realizando a marca de 172m e garantindo também uma medalha de bronze.

Além das provas tradicionais de apneia, o evento também contou com provas de velocidade (2 x 50m) e de endurance (8 x 50m e 16 x 50m). Ao todo, sete países estiveram representados por cerca de 50 atletas de elite no masculino e feminino. Abaixo, o quadro final de medalhas:

1 – Chile – 14
2 – Equador – 13
3 – Colômbia – 6
4 – Argentina – 3
5 – Brasil – 3
6 – México – 2
7 – Peru – 1

Resultados completos do evento podem ser obtidos em:

https://www.sportalsub.net/en/panamericano-cmas-apnea-chile-2019/

Foto: Laura Babahekian

Por:

Redação

Se você possui algum conteúdo relacionado ao mergulho e acha que pode ser interessante dividir com outros mergulhadores ?

Clique aqui para entrar em contato conosco e enviar o conteúdo a principal revista eletrônica sobre mergulho do Brasil.