Barco da era romana é encontrado com carregamento intacto

Foto: AP

Um navio da era romana com sua carga intacta, foi descoberto na costa do Chipre, informaram autoridades recentemente.

Essa descoberta inédita permitirá aprofundar o conhecimento da história do comércio na região.

Trata-se de um navio romano, carregado de ânforas e tradicionalmente usado para transportar óleo ou vinho, informou o departamento de Antiguidades do Chipre em um comunicado.

“É o primeiro navio romano que não foi saqueado e encontrado intacto no Chipre, cujo estudo deve lançar luz sobre o tamanho do comércio marítimo entre o Chipre e o resto das províncias romanas no leste do Mediterrâneo”, de acordo com o departamento de Antiguidades.

Mergulhadores voluntários de uma equipe de pesquisa arqueológica da Universidade do Chipre fizeram a descoberta perto do balneário de Protaras, no sul da ilha.

Pesquisas em águas cipriotas já permitiram outros achados arqueológicos nos últimos anos.

Um navio de 2.400 anos, que afundou na costa de Mazotos (sul) no século IV aC, era até agora considerado um dos mais bem preservados do Mediterrâneo.

Em dezembro, os arqueólogos que trabalham nesta descoberta acharam elementos que nos permitem entender melhor a evolução das técnicas de construção naval durante a antiguidade.

Uma parte de seu casco levada para a superfície pelos arqueólogos permitiu a descoberta do uso de técnicas fenícias e gregas de construção de navios.

Por:

Redação

Se você possui algum conteúdo relacionado ao mergulho e acha que pode ser interessante dividir com outros mergulhadores ?

Clique aqui e entre em contato conosco e evie o conteúdo para a maior revista eletrônica sobre mergulho do Brasil, com acesso gratuito aos mergulhadores.