Um aviso de bateria fraca em seu computador de mergulho significa que você está mergulhando com tempo “emprestado” !

A natureza química das baterias usadas para alimentar os computadores de mergulho e Botton Timers disponíveis no mercado, podem deixar na mão o mergulhador mais desprevenido.

Embora as baterias químicas de lítio tenham vida útil muito longa, é extremamente difícil detectar quando elas estão se aproximando do final dessa “vida útil”, pois geralmente mudam de energia total para quase morta em tempo muito curto.

Detectar o fim da vida de uma bateria de lítio se torna ainda mais imprevisível em computadores de mergulho, porque eles extraem pouca energia na superfície, mas a necessidade de energia aumenta significativamente quando estamos mergulhando.

Diferentes modelos de computadores de mergulho e Botton Timers, de uma hora para outra, podem começar a fornecer informações erradas pela falta de energia da bateria que está sendo usada por ela estar no fim da sua vida útil.

Muitas vezes o primeiro sintoma, é que o computador não emita um aviso de bateria com carga baixa, mas o computador passa a fornecer uma leitura de profundidade imprecisa, resultando em tempos de descompressão incorretos, ou pior, leituras bizarras.

Outras vezes um instrumento poderá emitir um aviso de bateria com carga baixa e indicando a substituição imediata, mas na superfície logo após o mergulho, o aviso de bateria pode se apagar, criando uma falsa percepção do problema.

Só para ficar claro, esse problema está associado à química da bateria, e não ao instrumento em si.

Dicas

  • Jamais inicie um mergulho com um instrumento informando que a bateria está baixa;
  • Em mergulhos descompressivos, é recomendável ter um computador backup;
  • Se você tiver um aviso de bateria com carga baixa durante o mergulho, não confie na precisão do instrumento, e passe a usar o computador secundário, caso o tenha. Caso contrário, use o computador do seu dupla como base aproximada e encerre o mergulho;
  • A melhor prática é comparar ocasionalmente o instrumento principal com os dados do secundário, independente de haver ou não um aviso de bateria;
  • A recomendação básica é substituir a bateria no intervalo mínimo recomendado pelo fabricante e independentemente do número de mergulhos já realizados;
  • Computadores de mergulho que utilizam baterias de lítio tipo “moeda” devem ser trocadas anualmente;
  • Fique atento a marca e modelo da bateria recomendada pelo fabricante. Já vi uma linha de computadores não trabalharem corretamente quando usavam baterias de uma terminada marca famosa.

Por:

Clecio Mayrink
Editor - Brasil Mergulho

Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em apneia em 1983 e autônomo em 1986, participando da primeira turma de Dive Master da PADI no Rio de Janeiro em 1990. É mergulhador Técnico Trimix, Technical Cave Diver, Advanced Cave Sidemount / No Mount, possuindo mais de 30 anos de experiência em mergulho e fotografia / vídeo subaquático.

Foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS, em 2008, é o idealizador do site Brasil Mergulho em 1998 (MTB 0081769/SP) e atuou em diversas matérias e documentários no Brasil e no exterior, sendo uma referência quando o assunto é mergulho e naufrágios para a mídia e órgãos públicos no país, e diversas entidades internacionais como a ONU e UNESCO.