A renomada Dra. Sylvia Earle, PhD em Biologia Marinha, exploradora dos mares e uma das maiores referências do mundo sobre proteção dos mares, está no Brasil realizando algumas ações relacionadas ao meio ambiente, e lançou seu livro “A Terra é Azul”, que está sendo comercializado nas melhores livrarias ao custo de R$ 69.

Uma das ações é apoiar e ampliar a campanha de criação de duas grandes áreas de proteção marinhas, proposta que coloca o Brasil em linha com outros países que fazem gestão mais adequada de seus habitats, ecossistemas e recursos marinhos.

Durante o evento realizado na FIESP, em São Paulo, ela falou sobre a situação atual dos mares e a preocupação que todos devem ter.

Segundo ela, hoje temos as informações sobre a situação crítica de nossos mares e que ainda temos tempo para tomar as atitudes necessárias para evitar o pior.

O evento durou cerca de 1:30h e muitas pessoas não conseguiram entrar devido a grande quantidade de interessados.

Quem esteve no evento acabou ganhando uma edição do livro da Dra. Sylvia.

Foto: Clécio Mayrink

Visita ao Brasil

Ontem a Dra. Sylvia visitou o Arquipélago de Alcatrazes juntamente com o defensor dos mares, José Palazzo (Truda), da campanha Divers For Sharks.

Ainda hoje, eles irão a Brasília se reunir com o Presidente Michel Temer para falar sobre criação de duas Unidades de Conservação que engloba São Pedro e Paulo, Martins Vaz e Trindade.

Ouça abaixo os comentários de José Palazzo (Truda) sobre a vinda da Dra. Sylvia Earle ao Brasil:

 

Você pode conhecer mais sobre a Dra Sylvia através da biografia dela no documentário “Mission Blue”, disponível no Netflix.

Vídeo do evento

Por:

Clecio Mayrink
Editor - Brasil Mergulho

Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em apneia em 1983 e autônomo em 1986, participando da primeira turma de Dive Master da PADI no Rio de Janeiro em 1990. É mergulhador Técnico Trimix, Technical Cave Diver, Advanced Cave Sidemount / No Mount, possuindo mais de 30 anos de experiência em mergulho e fotografia / vídeo subaquático.

Foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS, em 2008, é o idealizador do site Brasil Mergulho em 1998 (MTB 0081769/SP) e atuou em diversas matérias e documentários no Brasil e no exterior, sendo uma referência quando o assunto é mergulho e naufrágios para a mídia e órgãos públicos no país, e diversas entidades internacionais como a ONU e UNESCO.