Flórida: “Piolhos do mar” estão picando banhistas nas praias

Na última terça-feira, salva-vidas da praia de Pensacola, na Flórida, colocaram bandeiras roxas para avisar aos visitantes sobre a presença de vida marinha perigosa na área.

Os banhistas da Flórida estão sendo picados por “piolhos do mar”, que são parasitas microscópicos e que causam irritações na pele. Segundo o Departamento de Saúde da Flórida, não são realmente piolhos, mas pequenas larvas provenientes de um determinado tipo água-viva.

Quem entra em contato com esses “piolhos do mar” acabam sendo picadas e tendo dermatites. Além disso, podem ter erupção cutânea com coceira na pele vermelha e inchaço, ocorrendo entre 4 e 24h após o contato.

Algumas pessoas se queixaram de uma sensação de “formigamento”, enquanto ainda estão na água.

Mesmo usando roupas de banho de uma peça e camisetas na água, o banhista corre o risco de uma reação mais severa.

Por:

Redação

Se você possui algum conteúdo relacionado ao mergulho e acha que pode ser interessante dividir com outros mergulhadores ?

Clique aqui para entrar em contato conosco e enviar o conteúdo a principal revista eletrônica sobre mergulho do Brasil.

Veja também:

Tubarões brancos estão se mudando para a Flórida durante o inverno

Pesquisadores afirmam que os grandes tubarões brancos na costa leste estão fugindo do inverno rigoroso nas águas do norte dos Estados Unidos.

Evento tenta quebrar recorde com 700 mergulhadores em Clean-up

Será o segundo evento para a remoção de objetos do mar, contando com a participação de um grande número de mergulhadores e voluntários.

Mergulho de Batismo: Os riscos que um guia sem formação oferece

Elas estão presentes em várias praias do país, muitas não possuem treinamento e informação, colocando os clientes sob risco.

Boca Raton na Flórida recebe 530T de rochas para criar recife artificial

Ação visa aumentar a vida marinha local, além do criar novos pontos para o turismo de mergulho na região da Flórida.